Domingo, 26 de Maio de 2024
12°

Tempo nublado

Ponta Grossa, PR

Dólar
R$ 5,17
Euro
R$ 5,61
Peso Arg.
R$ 0,01
Bola Paradesporto

Paratleta telêmaco-borbense conquista segundo lugar na Corrida de Rua Orti Run 2024

Flavio Camargo, paratleta do Nadepar – Núcleo de Atividades de Desenvolvimento do Paradesporto de Telêmaco Borba, do Centro de Referência Paralímpico (CPI) e também da Assessoria Sol Runners, conquistou, no dia 5 de maio, incrível 2º lugar na categoria 20 a 29 anos, mesmo concorrendo com atletas convencionais, na 1ª Corrida Orti Run 2024

14/05/2024 às 17h29
Por: Redação Fonte: Prefeitura de Telêmaco Borba
Compartilhe:
Divulgação
Divulgação

Flavio Camargo, paratleta do Nadepar – Núcleo de Atividades de Desenvolvimento do Paradesporto de Telêmaco Borba, do Centro de Referência Paralímpico (CPI) e também da Assessoria Sol Runners, conquistou, no dia 5 de maio, incrível 2º lugar na categoria 20 a 29 anos, mesmo concorrendo com atletas convencionais, na 1ª Corrida Orti Run 2024.

Camargo teve paralisia cerebral na primeira infância, o que resultou em sequelas físicas de membros superiores e inferiores, e também deficiência intelectual.

A prova aconteceu no município de Ortigueira, no Lago Municipal, no Cristo e Flavio percorreu os 5 km em 21 minutos e 40 segundos, conquistando o segundo lugar.

Flavio é paratleta e representa o município nas competições paradesportivas e sempre ocupa lugar de destaque, mas desta vez impressionou ainda mais porque na prova não havia categoria PCD, ele então se desafiou e competiu com atletas sem nenhuma deficiência e contrariando todos as estatísticas conquistou o segundo lugar na categoria de sua idade.

A professora Silvana Dias, coordenadora técnica do Nadepar, valorizou a conquista. “Estou muito orgulhosa do Flavio, é nosso menino de ouro, se destaca em tudo que participa e é um exemplo de superação para os outros paratletas. Cumpriu um dos nossos maiores ideais que é de mostrar para sociedade que as pessoas com deficiência (PCDs) podem fazer tudo que querem, que tem seu valor e que busca dia a dia por seu merecido espaço. Esperamos que nos próximos anos as corridas de rua lembrem-se das PCDs e ofertem a categoria, para que a prova seja mais justa e para mais atletas possam participar”.

Nesta prova, o paratleta concorreu pela equipe Assessoria Sol Runnes, treinadora de atletismo e parceiro da equipe de paradesporto e foi acompanhado por Terezinha Verenka da equipe Falcão Peregrino, voluntária que trabalha de staff e guia do paradesporto.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários