Sexta, 21 de Junho de 2024 (42)99838-3791
Artes Celebração

Paróquias da região se preparam para procissão de Corpus Christi

Preparativos para a celebração desta quinta-feira (30) se intensificam nesta semana, em paróquias da Diocese de Ponta Grossa

28/05/2024 17h20
Por: Redação Fonte: Assessorias
Foto:Divulgação
Foto:Divulgação

Paróquias de Ponta Grossa e região dos Campos Gerais estão se preparando para a procissão de Corpus Christi, que será celebrada nesta quinta-feira (30). Ainda que as paróquias iniciem com antecedência a preparação dos materiais e moldes, esta é a semana em que se intensificam as ações para que tudo esteja pronto na quinta pela manhã, quando as comunidades se mobilizam para a montagem dos tapetes.

No Santuário Diocesano de Nossa Senhora Aparecida/Paróquia São Sebastião, por exemplo, as colagens estão sendo feitas desde março, mas a seleção de imagem e vetorização, desde julho do ano passado. “O trabalho começa com um projeto e vetorização dos desenhos escolhidos. E isso começa logo após o término de uma procissão. Terminou já estamos pensando na outra. Ainda durante a Quaresma, iniciamos a preparação. São cerca de 80 metros de tapete”, explica Tiago Biscaia, responsável pelos preparativos.

“Durante esse processo, precisamos de voluntários para o corte de caixas de leite e também sua colagem. Em média, é um trabalho que envolve aproximadamente dez pessoas, se revezando todos os dias nas colagens. Muito trabalho, conversa e oração nesses momentos”, detalha. Os preparativos estão sendo feitos tanto no período da tarde como, algumas vezes, à noite ou aos domingos, conforme a disposição dos voluntários. “Geralmente, nosso tapete conta apenas com a serragem e alguns detalhes em E.V.A, tudo com maior capricho para Nosso Senhor passar”, acrescenta.

Em Ponta Grossa, a festa que celebra a presença real e substancial de Cristo na Eucaristia terá como tema: Eucaristia, fonte de comunhão, esperança e missão. O trajeto se inicia em frente ao Asilo São Vicente de Paulo, a partir das 14h30, e segue pela Rua Balduíno Taques e Avenida Vicente Machado até a Benjamin Constant, onde será montado o palco para a bênção com o Santíssimo.

Clima

Como as previsões meteorológicas indicam mudanças climáticas, mas sem chuvas, a procissão nas cidades-polo da Diocese estão mantidas. Em Ponta Grossa, a celebração terá início a partir das 14h30, e em Telêmaco Borba, Castro e Irati, a partir das 15h.

Telêmaco Borba

Em Telêmaco Borba, a procissão de Corpus Christi reúne as duas paróquias da cidade: Nossa Senhora de Fátima e São Pedro e São Paulo. A procissão começa às 15 horas, logo depois da Santa Missa. O trajeto se inicia em frente à Matriz Nossa Senhora de Fátima e continua até o cruzeiro, em um percurso total de quase um quilômetro.

“As duas se unem porque a Matriz da Nossa Senhora de Fátima é muito grande. É realizada, primeiro, a missa lá e daí saímos em procissão. No cruzeiro, acontece a bênção do povo com o Santíssimo. Participam 18 comunidades da Paróquia Nossa Senhora de Fátima e mais 12 da São Pedro e São Paulo. No dia, a mobilização começa às 7h, na avenida, que vai até a hora do almoço. Pessoal vai, então, para casa e volta para a Santa Missa. Na São Pedro e São Paulo, haverá missa também às 19h para atender aqueles que não puderem ir à tarde. Aqui na cidade, muita gente trabalha por turnos nas empresas, e, muitas vezes, não têm como acompanhar. Por isso oferecemos esse horário alternativo”, justifica o Padre Sandro Maciel Ferreira.

Castro

Em Castro, as quatro paróquias participam juntas da procissão. Ela terá início às 15 horas, na igreja Nossa Senhora do Rosário, dos padres de Sion, na Vila Rio Branco, com celebração eucarística, que deverá ser acompanhada por sacerdotes, diáconos, ministros, pastorais e comunidade das paróquias. A procissão sai da Praça do Rosário pela rua Rui Barbosa, passando em frente ao supermercado Tozetto, estação ferroviária até a rotatória do Colégio Amanda. Segue pela Rua Tiradentes, em frente a antiga delegacia de Polícia, até chegar na praça Sant'Ana, onde, na Matriz, será dada a bênção para todos os presentes, extensiva a toda a cidade de Castro.

Na Paróquia São Judas Tadeu, os preparativos iniciam hoje (27), às 19 horas. Lideranças estarão no salão térreo da Matriz para trabalhar no tingimento da serragem que será utilizada e em outros elementos que formarão o grande tapete. Está sendo pedida a doação de caixas de leite (vazias, lavadas e secas) para a confecção de moldes para a formação de cruz, cálice, hóstias entre outros símbolos. A montagem do tapete inicia à partir das 7 da manhã do feriado.

Na Paróquia Sant’Ana, cada pastoral programa os seus moldes ou fazem os desenhos momentos antes da procissão. Por quadra, atuam entre quatro e cinco pastorais. Na Paróquia Nossa Senhora do Rosário, o material será colorido nesta terça-feira, à tarde. Os moldes são feitos em MDF e já estão prontos. São utilizados serragem e sal grosso no preenchimento dos desenhos. Na Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, os preparativos começam hoje à noite, com a tintura da serragem e, na quinta-feira, às 7h30 será feita a montagem do tapete. Serragem, pó de café e calcário serão utilizados. Os temas das imagens, este ano, serão missão e vocação.

Irati

Igualmente, em Irati, a procissão reúne as quatro paróquias do município. A procissão se inicia depois da Santa Missa, às 15 horas, na Matriz da Paróquia São Miguel seguindo em direção à Paróquia Nossa Senhora da Luz. É um único tapete do qual todas as comunidades paroquiais participam da decoração. Na São Miguel, a decoração se utilizará de serragem, pó de café, erva para chimarrão, caixas de ovo, tinta guache, tampinhas de garrafa e moldes de desenhos.

Nos demais municípios da Diocese a procissão acontece tradicionalmente.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.