Sexta, 21 de Junho de 2024 (42)99838-3791
Campos Gerais Repasse do FPM

Ponta Grossa arrecada mais de R$ 51 milhões através do Fundo de Participação dos Municípios em 2024

Valor dos repasses do FPM aos municípios dos Campos Gerais somam R$ 296 milhões; recursos foram destinados pela União entre janeiro e maio

10/06/2024 13h09
Por: Redação Fonte: Assessorias
Foto: Divulgação/Arquivo PMPG
Foto: Divulgação/Arquivo PMPG

Ponta Grossa arrecadou mais de R$ 51 milhões entre os meses de janeiro e maio de 2024, através do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) e foi a cidade com a maior arrecadação nos Campos Gerais. As 19 cidades que fazem parte da Associação dos Municípios dos Campos Gerais (AMCG) já receberam, ao todo, mais de R$ 296 milhões em recursos provenientes do FPM neste ano. O valor leva em conta os repasses realizados pela União entre os meses de janeiro e maio. O levantamento foi realizado pela equipe da AMCG junto ao Portal da Transparência do Tesouro Nacional e não considera o primeiro repasse do mês de junho.

A distribuição dos recursos é feita por meio do coeficiente de participação do FPM, que leva em conta o número de habitantes de cada município. Depois de Ponta Grossa, as cidades que mais arrecadaram por meio do fundo neste ano foram: Castro (R$ 26 milhões); Telêmaco Borba (R$ 26 milhões); Jaguariaíva (R$ 16 milhões); Palmeira (R$ 16 milhões); Ortigueira (R$ 14 milhões); Arapoti (R$ 14 milhões); Reserva (R$ 14 milhões); Carambeí (R$ 14 milhões); Piraí do Sul (14 milhões); e São João do Triunfo (R$ 12 milhões).

O valor total já arrecadado pela região neste ano supera o montante registrado no mesmo período de 2023, quando os municípios da AMCG somaram R$ 264 milhões em FPM. Com isso, houve um aumento de aproximadamente R$ 31,7 milhões. Vale lembrar que o repasse referente ao primeiro decêndio do mês de junho já foi pago pela União na última sexta-feira (7). De acordo com a Confederação Nacional dos Municípios (CNM), o valor total destinado a todas as prefeituras do país chega a R$ 6,6 bilhões, levando em conta a retenção do  Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).

Valores repassados a cada muncípio entre Janeiro e Maio de 2024

ARAPOTI: R$ 14.237.316,84
CARAMBEÍ: R$ 14.003.102,67
CASTRO: R$ 26.440.731,15
CURIÚVA: R$ 10.169.512,12
IMBAÚ: R$ 10.170.700,04
IPIRANGA: R$ 10.169.512,12
IVAÍ: R$ 9.943.354,35
JAGUARIAÍVA: R$ 16.271.219,20
ORTIGUEIRA: R$ 14.238.504,82
PALMEIRA: R$ 16.271.219,20
PIRAÍ DO SUL: R$ 14.001.914,69
PONTA GROSSA: R$ 51.395.989,92
PORTO AMAZONAS: R$ 6.101.707,28
RESERVA: R$ 14.237.316,84
SENGÉS: R$ 10.169.512,12
SJ. DO TRIUNFO: R$ 12.203.414,52
TELÊMACO: R$ 26.440.731,15
TIBAGI: R$ 12.203.414,52
VENTANIA: R$ 7.914.074,13                                                                                                                                                                                           - VALOR TOTAL FPM AMCG: R$ 296.583.247,68

A AMCG

A Associação dos Municípios dos Campos Gerais (AMCG) é um órgão de representação municipal e microrregional, sendo constituída sob a forma de sociedade civil, sem fins lucrativos. É composta por 19 municípios da Região dos Campos Gerais, sendo: Arapoti, Carambeí, Castro, Curiúva, Imbaú, Ipiranga, Ivaí, Jaguariaíva, Ortigueira, Palmeira, Piraí do Sul, Porto Amazonas, Ponta Grossa, Reserva, São João do Triunfo, Sengés, Telêmaco Borba, Tibagi e Ventania.

A AMCG tem como principal objetivo a integração regional, econômica e administrativa, buscando o fortalecimento dos municípios, defendendo os seus interesses, visando o desenvolvimento econômico e social.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.