Sexta, 21 de Junho de 2024 (42)99838-3791
Campos Gerais Polêmica

Extinção da função de trocadores de ônibus é inevitável, afirma Elizabeth Schmidt

Declaração foi feita durante a assinatura do novo edital de licitação do transporte coletivo

07/06/2024 17h09
Por: Redação
Extinção da função de trocadores de ônibus é inevitável, afirma Elizabeth Schmidt

A prefeita Elizabeth Schmidt disse, durante a abertura do novo processo de licitação do tranporte coletivo em Ponta Grossa na última quarta-feira (5) que a extinção da função do trocador de ônibus é inevitável.

"Eu lamento muito, mas, o mundo evoluiu. A opção de fazer dispensa não foi nossa", disse a prefeita. Segundo ela, os trabalhadores que exercem esta função, atualmente, tiveram outras oportunidades para se encaixar mas não se enquadraram. Ela ainda comparou a profissão dos trocadores com os acendedores de lampião de gás, hoje extinta. "No mundo inteiro a bilhetagem é eletrônica", frisou.

Conforme publicado anteriormente pelo comVc, o lançamento do novo edital reacendeu o debate sobre o transporte coletivo na maior cidade dos Campos Gerais. A licitação deverá ser feita em dois lotes, existindo a possibilidade de uma mesma empresa ser a vencedora de ambos.

Uma longa história

A Viação Campos Gerais, atual e única concessionária por mais de 30 anos, teve seu contrato prorrogado e recebeu vários aportes milionários, sempre alegando problemas financeiros. O modelo atual de transporte coletivo, no qual centraliza as operações em terminais de ônibus é o mesmo - com ligeiras modificações - desde o seu lançamento no início da gestão do prefeito Paulo Cunha Nascimento. Na gestão do prefeito Péricles Holleben de Mello a cidade ganhou o último terminal construído - em Uvaranas.

Ainda este ano, a VCG divulgou a demissão de trocadores e o aumento de linhas sem a operação deste profissional, centralizando no motorista as duas funções. A medida gerou críticas por parte da população. Ao mesmo tempo a empresa lançou um álbum de figurinhas comemorativo.

A(s) nova(s) empresas deverão ser conhecidas até dia 2 de agosto, tendo em torno de 6 meses para assumir os trabalhos totalmente.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.