Sexta, 21 de Junho de 2024 (42)99838-3791
Diversão & Arte Pura nostalgia

Os Incríveis celebram 60 anos de sucesso com show imperdível no Teatro Guaíra

O show será uma oportunidade única para os nostálgicos

03/06/2024 17h13 Atualizada há 3 semanas
Por: Redação
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Rodando o Brasil em comemoração pelos 60 anos, a banda Os Incríveis promete agitar o Teatro Guaíra neste domingo (9). O conjunto mantém viva a chama dos anos 60, relembrando os sucessos que marcaram toda uma geração. Hits como "Marcas do que se foi", "Era um garoto que como eu amava os Beatles e os Rolling Stones" e "Capeta em forma de guri" estarão no repertório do show inédito em Curitiba, no auditório Bento Munhoz da Rocha Neto (Guairão), às 19h.

Será uma oportunidade única para os nostálgicos. A banda fez sua primeira apresentação em 1962 com o nome The Clevers, rapidamente se destacou e fez um grande sucesso entre os jovens da época, que perpetua até hoje. Liderado pelo baterista Netinho, da formação original, o grupo conta com a participação de Sandro, Leandro e Rubinho Ribeiro.

Em 1963 o grupo já tinha o seu próprio programa musical de televisão intitulado Clevers Show. Contratados pela TV Argentina em 1964, gravam em castelhano, momento em que a banda mudou o nome para Los Increíbles. Após 10 meses em Buenos Aires, retorna ao Brasil com novo nome Os Incríveis e participa da estreia do programa Jovem Guarda pela TV Record, com Roberto Carlos, Erasmo Carlos e Wanderléa.

Em 1966 a banda assina contrato com a TV Excelsior para comandar nas tardes de domingo o programa Os Incríveis, e nesse mesmo ano, durante um cruzeiro de navio pela Europa, fez o primeiro filme longa-metragem brasileiro em cores: Os Incríveis neste mundo louco, produzido por Primo Carbonari e com direção de Paulino Brancato Jr.

Em Londres, Os Incríveis gravaram um CS pela gravadora Decca, e de volta ao Brasil a banda obteve um grande sucesso com a música "Era um garoto que como eu amava Os Beatles e os Rollings Stones". Em 1967 assina contrato com a TV Tupi e o programa Os Incríveis se torna líder de audiência nacional. A música "Vendedor de bananas", de autoria de Jorge Benjor, era o novo sucesso.

Em 1968, se apresentam em diversas cidades do Japão e gravam cantando em japonês: "Kojorono-niji", "I Love You Tokio" e "Sayonara". Em 1970, ano da Copa do Mundo, campeões de bilheteria e detentores de muitos troféus, Os Incríveis bateram novo recorde de vendas com a música de "Dom e Ravel: Eu te amo meu Brasil". A banda ganha também um novo guitarrista e vocalista, Aroldo Santarosa.

Desde 1995, liderado pelo talentoso baterista Netinho, da formação original, o grupo percorre os palcos do Brasil com um show vibrante e emocionante.

Fique de Olho:

Os Incríveis – 60 anos

Data: 09, domingo, às 19h

Local: Auditório Bento Munhoz da Rocha Neto (Guairão) – Rua Conselheiro Laurindo, 175 – Centro – Curitiba

Ingressos: Lugares numerados. Disk Ingressos ou nos pontos de venda físicos: Shopping Mueller, Teatro Fernanda Montenegro e Teatro Positivo

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.