Quinta, 23 de Maio de 2024
24°

Tempo limpo

Ponta Grossa, PR

Dólar
R$ 5,16
Euro
R$ 5,57
Peso Arg.
R$ 0,01
Bem-estar Migrantes

Caritas vai atender migrantes fora de Ponta Grossa

Descentralização começa por Telêmaco Borba

15/05/2024 às 16h35
Por: Redação Fonte: Diocese de Ponta Grossa
Compartilhe:
Divulgação
Divulgação

Nesta quinta-feira (16), das 9 às 16 horas, a Caritas Diocesana de Ponta Grossa oferece o serviço de assessoramento referente a regularização migratória a migrantes e refugiados, residentes na região de Telêmaco Borba. O atendimento vai acontecer na sala de comunicação da Paróquia Nossa Senhora de Fátima, em Telêmaco. A ação abre o cronograma de descentralização das atividades ofertadas pela Caritas, que estará também em outras quatro cidades: Irati, Castro, Imbaú e Ivaí. As datas ainda serão definidas.

De acordo com a assistente social da Caritas, Erica Pilarski Clarindo, o intuito desta ação em Telêmaco Borba é tornar os serviços da área da Migração mais acessível aos migrantes residentes na Diocese, assim, “levando mais informações e assistência aqueles que precisam e não tem a possibilidade de realizar a viagem até Ponta Grossa. Para estar mais perto de onde eles moram”, justifica, citando que, além do atendimento para regularização migratória, orientações e esclarecimento de dívidas, também se deseja fortalecer laços através de visitas em alguns órgãos públicos do município.

Ainda segundo Erica, são poucos migrantes residentes em Telêmaco Borba. Cerca de dez. “Escolhemos a cidade porque fizemos um número razoável de atendimentos ali, de gente, inclusive, que precisava voltar para renovar os documentos e não voltaram por questões financeiras. E também porque fizemos visita nas paróquias de Telêmaco e das cidades e conversamos sobre levar o atendimento para a região, já que poderão ser atendidos migrantes também de Imbaú e Ortigueira”, argumenta a assistente social.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários