Terça, 05 de Março de 2024
18°

Chuva

Ponta Grossa, PR

Dólar
R$ 4,95
Euro
R$ 5,37
Peso Arg.
R$ 0,01
Bem-estar Lançamento

Bispo lança Campanha da Fraternidade pela emissora oficial e rede social da Diocese

Lançamento será na Quarta-Feira de Cinzas

09/02/2024 às 17h38 Atualizada em 09/02/2024 às 17h51
Por: Redação Fonte: Diocese de Ponta Grossa
Compartilhe:
Divulgação
Divulgação

O ano de 2024 marca os 60 anos de mobilização da Campanha da Fraternidade em todo o Brasil. Sempre coincidindo com o tempo da quaresma, a primeira Campanha Fraternidade foi realizada na cidade de Nísia Floresta (RN), em 1960, em uma ação que deu origem à reflexão assumida nacionalmente pelo episcopado brasileiro e pela Igreja no Brasil. Com o tema ‘Fraternidade e amizade social’ e o lema ‘Vós sois todos irmãos e irmãs’ (Mt 23,8), a abertura oficial será na quarta-feira de cinzas, em Brasília, na sede da CNBB e também no Santuário Nacional de Aparecida, em São Paulo, no dia 18 de fevereiro, primeiro domingo da quaresma.

Na Diocese de Ponta Grossa, o bispo Dom Sergio Arthur Braschi vai falar sobre os fundamentos e objetivos da Campanha da Fraternidade, de maneira inédita, pela Rádio Sant’Ana – emissora oficial da Diocese - e pelas redes sociais, ds 7h45 às 8h30, além de visitar os veículos de comunicação para apresentar o tema. As coordenadoras diocesanas da Campanha da Fraternidade, Márcia Simões, Munira de Oliveira e Mariângela Burgardt Meter devem acompanhar o bispo. Ainda, às 19 horas, Dom Sergio celebra uma missa na Catedral Sant’Ana para marcar o lançamento oficial da Campanha da Fraternidade.

“A cada ano, a Campanha da Fraternidade nos ajuda a resgatar nosso compromisso comunitário na busca do bem comum, porque nos educa para a convivência fraterna. A partir da experiência quaresmal, a campanha inspira toda a nossa vida para que seja uma contínua expressão de conversão, comunhão e partilha”, enfatiza um dos subsídios deste ano preparado pela equipe da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil. Durante o tempo quaresmal, a Igreja pede conversão e penitência, jejum, esmola e oração, em preparação para a Páscoa.    

Depois do lançamento, a Campanha da Fraternidade acontece ao longo do ano. Suas principais datas, o Domingo de Ramos, quando acontece a coleta da solidariedade e “dia em que as pessoas farão a coleta do sacrifício que fizeram durante a Quaresma”, explicou Márcia Simões, e, o 20 de julho, Dia Internacional da Amizade. “Faremos propostas para que as comunidades estejam celebrando esse dia, com iniciativas que partam das próprias paróquias, sempre”, destacou.

Ainda mesmo antes da abertura oficial das atividades, teve comunidade trazendo o tema e o lema da Campanha da Fraternidade já para a sua rotina. No último dia 6, reunião do Conselho Missionário Paroquial da Paróquia Nossa Senhora de Fátima, em Ponta Grossa, focou na temática. “Ela nos convoca para um caminho sinodal de evangelização, conversão e missionariedade”, dizia o vigário paroquial, padre Caetano Angelo Sandrini, que conduziu o encontro. Também ontem (8), os integrantes da Pastoral da Pessoa Idosa da paróquia refletiram a proposta, iniciando sua reunião com a oração oficial da campanha e com dinâmicas a partir da temática.

Subsídios

Encontram-se disponíveis para aquisição os materiais da Campanha da Fraternidade 2024, sobre a Amizade Social. Além do texto-base, são oferecidos diversos subsídios para aprofundamento e meditação do tema proposto para a Quaresma do próximo ano. O texto base é o principal material da campanha, a reflexão fundamental que sustenta o caminho da CF. De acordo com a editora, “ele propõe despertar, de acordo com o tema e o lema, a beleza da fraternidade humana aberta a todos, para além dos nossos gostos, afetos e preferências, em um caminho de verdadeira penitência e conversão”.

O conjunto de lançamentos sobre a CF conta com subsídios que já fazem parte tradicionalmente das publicações oferecidas, como roteiros para círculos bíblicos, CF na Catequese e CF na Escola. Também são apresentadas novidades, como o roteiro com as meditações da Via Sacra e da Via Lucis, o Terço da Amizade Social e o subsídio com roteiros para Adoração Eucarística, Celebração Penitencial e Celebração Ecumênica. A editora também oferta impressos de divulgação como o cartaz, cartão-postal, banners e adesivos.

“A campanha da fraternidade há 60 anos é um projeto nacional de conversão pessoal, comunitária e social que a igreja do Brasil propõe às pessoas de boa vontade no tempo na quaresma. Aonde nenhum outro projeto da CNBB chega, a Campanha alcança”, afirma o secretário executivo de Campanhas da CNBB nacional, padre Jean Poul Hansen,

Ainda de acordo com o padre, a campanha lembra a importância de abordar o tema da amizade social com base na encíclica Fratelii Tutti, escrita pelo papa Francisco e publicada em outubro de 2020. De acordo com o padre Jean, o documento é precisamente “o pano de fundo de toda a reflexão da Campanha da Fraternidade de 2024”

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários