Quinta, 13 de Junho de 2024 (42)99838-3791
Blogs e Colunas Você sabia?

Como funciona um consórcio de imóveis?

Conheça esse mercado!

07/06/2024 12h46 Atualizada há 6 dias
Por: Tiago Silva Candido
Como funciona um consórcio de imóveis?

Um consórcio de imóveis é um jeito diferente de comprar seu próprio lugar. Várias pessoas se unem para isso. Elas pagam mensalidades que formam um fundo comum.

Todo mês, alguém do grupo é sorteado. Esse sorteado recebe uma carta de crédito. Com ela, é possível comprar o imóvel que quiser.

Uma das boas coisas do consórcio é não ter juros, o que pode ser mais barato que um financiamento. Porém, há outros custos. Por exemplo, taxa de administração e seguro são alguns deles.

O seu FGTS também pode ser usado nessa situação. Ele serve para dar lances, reforçar a carta de crédito ou pagar parte do débito. Isso é ótimo para quem tem um valor guardado, quer economizar em juros ou deseja fazer um lance forte.

Antes de entrar em um consórcio amigo, vale a pena pensar bem. É essencial saber todos os gastos envolvidos. Escolher uma boa administradora, autorizada pelo Banco Central, e ler com atenção o contrato são passos necessários.

consórcio de imóveis

Principais pontos

  • O consórcio de imóveis é uma forma de autofinanciamento em que um grupo de pessoas se reúne para comprar um imóvel.
  • Os participantes pagam parcelas periódicas que formam um fundo comum.
  • Mensalmente, um participante é contemplado com uma carta de crédito para comprar o imóvel desejado.
  • Não há pagamento de juros, mas há outros custos, como taxa de administração e seguro.
  • O FGTS pode ser utilizado no consórcio para ofertar lances, complementar a carta de crédito ou amortizar a dívida.

Vantagens e desvantagens do consórcio imobiliário

Antes de se decidir por um consórcio imobiliário, é importante saber suas vantagens e desvantagens. Assim, você pode escolher de forma mais informada e ajustada ao que precisa. Vamos ver o que o consórcio oferece e o que mais exige?

Vantagens do consórcio imobiliário:

  • Ausência de taxa de juros: O consórcio não tem taxas de juros. Isso o torna uma opção mais barata que um financiamento.
  • Não é necessária a entrada na compra do imóvel: Para entrar no consórcio, não precisa de entrada no imóvel. Isso ajuda quem não tem uma reserva.
  • Menos burocracia: Comparado ao financiamento, o consórcio é menos burocrático. Assim, comprar sua casa fica mais fácil e rápido.
  • Maior poder de negociação: Quem tem a carta de crédito, pode negociar diretamente o preço do imóvel. Isso dá mais chances de um bom negócio.
  • Variedade de prazos e planos: Há muitas opções de prazos e planos no consórcio. Você pode escolher o que melhor se encaixa no seu bolso.
  • Parcelas facilitadas: As parcelas do consórcio são mais fáceis de pagar. Por isso, muita gente vê nele a chance de realizar o sonho da casa própria.

Desvantagens do consórcio imobiliário:

  • Demora para ser contemplado: Uma desvantagem é que ser sorteado pode demorar. Pode levar meses ou até anos para receber sua carta de crédito.
  • Valor defasado da carta de crédito: Com o tempo, o valor da carta pode não acompanhar a valorização do imóvel. Isso pode dificultar sua compra.
  • Problemas com a valorização do imóvel: Se o imóvel valorizar muito, pode ser difícil comprar com a carta de crédito disponível.
  • Possibilidade de pagar aluguel: Enquanto espera pela carta, você pode ter que pagar aluguel. Isso pode pesar no bolso como um custo extra.
  • Restrições para participar: Participar do consórcio tem suas regras. Por exemplo, pessoas com nome negativado podem não poder entrar.
  • Pagamento das parcelas após a contemplação: Mesmo após ser sorteado, você segue pagando. Então, compromete seu dinheiro por um tempo maior.

Refletir sobre as vantagens e desvantagens do consórcio é crucial. Com uma avaliação cuidadosa, você pode aproveitar ao máximo seus benefícios e lidar melhor com os desafios que ele propõe.

Vantagens do Consórcio Imobiliário Desvantagens do Consórcio Imobiliário
Ausência de taxa de juros Demora para ser contemplado
Não é necessária a entrada na compra do imóvel Valor defasado da carta de crédito
Menos burocracia Problemas com a valorização do imóvel
Maior poder de negociação Possibilidade de pagar aluguel
Variedade de prazos e planos Restrições para participar
Parcelas facilitadas Pagamento das parcelas após a contemplação

Como contratar um consórcio de imóveis?

Para escolher um consórcio de imóveis, siga algumas etapas. Primeiro, verifique se a administradora tem autorização do Banco Central. Isso garante a segurança da sua compra.

Depois, compare os planos de várias empresas. Analise prazos, valores das parcelas e como se é contemplado.

É importante entender todos os custos do consórcio. Isso inclui a taxa de administração, seguro e o fundo de reserva. Os valores podem mudar, por isso, pesquise bem.

Antes de assinar, tire todas as suas dúvidas sobre o contrato. É preciso entender cada cláusula para evitar problemas depois. Lembre-se de pagar as parcelas em dia para não ter dificuldades com a carta de crédito.

Para entrar em um consórcio, é preciso ter uma renda que cubra as parcelas. Também é necessário não estar com o nome sujo. O consórcio é bom para quem quer um imóvel, mas não pode comprar agora ou conseguir um financiamento.

Analise bem se o consórcio é o melhor para você. Veja as vantagens e desvantagens. Considere sua situação financeira antes de decidir.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.