Sexta, 21 de Junho de 2024 (42)99838-3791
Dinheiro Destaque

Condor sinaliza produtos do Rio Grande do Sul nas gôndolas

A medida é uma forma de incentivar o consumo dos produtos gaúchos e de movimentar a economia do estado após a tragédia que atinge a região desde o final de abril

24/05/2024 15h08
Por: Redação Fonte: Das assessorias
Divulgação
Divulgação

Para ajudar o consumidor a encontrar os produtos do Rio Grande do Sul com mais facilidade, o Condor colocou cartazes sinalizando os itens nas gôndolas, além de criar áreas especiais no e-commerce destinadas a esses produtos. A medida é uma forma de incentivar o consumo dos produtos gaúchos e de movimentar a economia do estado após a tragédia que atinge a região desde o final de abril.

Outras ações também estão sendo realizadas para ajudar o Rio Grande do Sul, como por exemplo os postos de coleta instalados nas lojas do Condor e do Gigante Atacadista de Curitiba e Região Metropolitana, que continuam arrecadando alimentos não perecíveis, água e material de higiene e limpeza em uma parceria com a FAS (Fundação de Ação Social de Curitiba), CONSEG e Governo do Paraná.

Para auxiliar no transporte dessas doações, o Condor também reorganizou sua logística, doou pallets e disponibilizou duas carretas com motorista, que já partiram em dois comboios para o Rio Grande do Sul. A primeira carreta partiu no dia 13 e a segunda no dia 22 de maio, ambas com milhares de doações, entre alimentos, água, materiais de higiene e limpeza, roupas, calçados e brinquedos.

Segundo o tenente coronel Fábio Felix Pedroso, o desafio logístico é gigantesco e foi uma união de esforços entre o Corpo de Bombeiros, poder público, sociedade civil e privada. “Tivemos um giro de voluntariado considerada a maior da história da Corporação. Cerca de 100 caminhões saíram daqui com mais de 2 mil toneladas, vindas de doações só do povo de Curitiba. Os caminhões estão sendo recebidos no Rio Grande do Sul como se fosse a seleção de Copa do Mundo, com relatos de pessoas ajoelhadas em oração agradecendo por verem os caminhões passar”, completa.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.