Terça, 16 de Abril de 2024
21°

Chuva

Ponta Grossa, PR

Dólar
R$ 5,28
Euro
R$ 5,61
Peso Arg.
R$ 0,01
Geral Desenvolviment...

Defensores do meio ambiente: os sonhos dos novos servidores do IAT

Governador Carlos Massa Ratinho Júnior deu posse nesta segunda-feira (04) a 200 novos servidores que reforçarão o efetivo do Instituto Água e Terr...

04/03/2024 às 17h17
Por: Redação Fonte: Secom Paraná
Compartilhe:
Foto: Reprodução/Secom Paraná
Foto: Reprodução/Secom Paraná

Havia de tudo um pouco entre os 200 novos servidores do Instituto Água e Terra (IAT) que tomaram posse nesta segunda-feira (04) , em solenidade realizada em Curitiba, com a presença do governador Carlos Massa Ratinho Junior. Em meio à ansiedade pelo novo emprego, gente que viajou quilômetros e trocou de cidade e até de estado para ajudar o meio ambiente do Paraná. Ou alguns que estão prestes a fazer o caminho inverso e voltar para a terra natal, para preservar o quintal de casa. Em comum, a gratidão por poder servir ao Estado.

A engenheira florestal Priscilla Polzl, de 45 anos, por exemplo, está para trocar Curitiba por Londrina. Vai atuar em um dos núcleos regionais do IAT da região Norte. “É muito gratificante saber que vou contribuir com a proteção ao meio ambiente, atuar dentro da minha área. No sábado estou de mudança para Londrina, para conhecer a cidade, o escritório e os novos colegas”, disse ela.

Há também quem arrumou as malas e trocou o Interior pela Capital. O químico Bruno Portela, 25 anos, é de Guarapuava (região Central), mas vai atuar em Curitiba, em um dos laboratórios de análise química do instituto. Com o brilho no olhar de quem conseguiu o primeiro emprego, ele já faz planos para a carreira. “Estou animado demais, quero ajudar a fiscalizar empresas, controlar a emissão de gases poluentes”, conta ele.

Já o engenheiro agrônomo Edson Blattmann, 32 anos, é natural de União da Vitória, no Sul do Paraná. Também está lotado na regional de Curitiba. Aos poucos, começa a se acostumar com a agitação, o movimento e a nova realidade. Ele destacou a importância de o Governo do Paraná investir na conservação do meio ambiente e no desenvolvimento sustentável como política de Estado.

“Nunca imaginei uma contratação desse tamanho por parte de um único órgão público. É um sonho trabalhar em um instituto como esse, grande, robusto, que dá condições de desenvolver a sua atividade. O Paraná ganha muito com esse investimento”, afirma.

Jaqueline Heimann, 38 anos, é engenheira florestal e professora. Quer aproveitar o alcance do IAT para ampliar as atividades de educação ambiental, algo já enraizado em sua rotina. Ajudar a formar novos defensores da natureza. Um deles está prestes a vir ao mundo. Jaqueline está grávida de 9 meses. Será, em poucos dias, mãe do Vinícius. “Estou bem feliz, é um momento especial da minha vida. Quero formar cidadãos ainda melhores, que lá na frente vão ajudar o meio ambiente, a conservar e proteger”, destaca.

A cerimônia de posse desta segunda-feira (04) integra uma série de atividades previstas para os novos servidores durante a semana. Antes de assumir efetivamente os postos, eles irão conhecer o órgão e as diferentes diretorias, além de passar por treinamentos específicos.

EFICIÊNCIA E AGILIDADE –Essa é a segunda grande convocação por parte do IAT relativa ao concurso realizado em 2021. Em março de 2022, 112 profissionais habilitados começaram a trabalhar no órgão ambiental. Outros 42 serão convocados nos próximos meses.

A ampliação da equipe do órgão ambiental busca, entre outras necessidades, agilizar de maneira qualificada o processo de licenciamento ambiental de obras estruturantes no Estado, como a melhoria no sistema de esgotamento sanitário por parte da Sanepar e requalificação das rodovias paranaenses após a retomada das concessões para a iniciativa privada. Esse foi o primeiro processo seletivo do instituto mais de 30 anos.

O IAT é um órgão vinculado à Secretaria do Desenvolvimento Sustentável (Sedest), que tem como missão proteger, preservar, conservar, controlar e recuperar o patrimônio ambiental paranaense, buscando melhor qualidade de vida e o desenvolvimento sustentável com a participação da sociedade.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários