“Uma prova extensa, que requer muita atenção”: professores reforçam orientações para o Enem

 “Uma prova extensa, que requer muita atenção”: professores reforçam orientações para o Enem

Os professores do Colégio Sepam, Yuri Saleh Hichmeh e Elio Antunes, comentam sobre a preparação para a prova e os desafios do ensino em tempos de pandemia

Por Cícero Goytacaz

Nos próximos dois domingos, 17 e 24 de janeiro, cerca de 5,8 milhões de candidatos prestarão o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2020, que foi adiado para este ano por conta da pandemia de Covid-19. De acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), 7.985 inscritos farão a prova em Ponta Grossa.

Para comentar sobre a preparação dos estudantes em Ponta Grossa, o portal comVc entrou em contato com os professores do colégio Sepam, Yuri Saleh Hichmeh, também coordenador do Sepam Vestibulares, e Elio Antunes. Eles detalham os métodos de ensino aplicados pela instituição na preparação para o Enem, assim como as adaptações necessárias ao longo do processo, especialmente no último ano, em meio à pandemia de coronavírus.

Segundo o professor Yuri, a retomada do ensino foi gradativa e contou com a colaboração e compreensão dos estudantes, docentes e familiares dos alunos em suas casas. Conforme o avanço da adaptação ao sistema remoto, foi possível retomar a grade completa das aulas a distância, com as gravações sendo disponibilizadas para aqueles que não conseguissem acompanhar ao vivo. “Conforme sentíamos maior confiança entre equipe, alunos e famílias, avançávamos um pouco mais com as aulas remotas”, explica.

Na visão do coordenador, o ano de 2020 foi caracterizado pela superação de medos e dificuldades, com relação ao ensino, trabalho, vida social e saúde. “Como colégio e pré-vestibular, lidamos com aquela incerteza acerca do mundo, da saúde pública, de nossos colaboradores e alunos. Em muitos momentos parecia que estávamos criando uma nova escola, porém, com o passar do tempo, tivemos ainda mais clareza de que não se tratava de uma nova escola, mas de adaptar nossa identidade, nossos pontos mais fortes, à transitoriedade do mundo”, relata.

Trabalho intensivo na preparação de vestibulandos

Fundado em 1939 na cidade de Ponta Grossa, pelos professores Roberto Emílio Mongruel e Altair de Oliveira Mongruel, o  Sepam  é uma instituição de ensino particular de nível infantil, fundamental, médio e pré-vestibular. A unidade Sepam Vestibulares, atua há 40 anos no segmento de pré-vestibular, consolidado como um dos líderes em aprovações do Paraná, com mais de dez mil aprovações em destacadas universidades brasileiras.

O preparo para o Enem na instituição se dá continuamente ao longo de todo o Ensino Médio, com a realização de provas preparatórias e simulados para múltiplos cursos, como o vestibular da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), o Processo Seletivo Seriado (PSS-UEPG), vestibulares de outras universidades e também o Enem. “Encorajamos nossos alunos de todo o Ensino Médio a prestarem este exame todos os anos, para que desenvolvam afinidade com o estilo da prova e a forma como esta cobra certos conteúdos”, descreve o professor Yuri.

Ele lembra que o Enem aborda questões interdisciplinares e que exigem do candidato a habilidade de contextualizar aquilo que se aprende. “Assuntos contemporâneos relativos a problemas sociais, política, culturas populares e pesquisas científicas estão sempre presentes nas diversas edições da prova”, frisa. Por isso, as aulas preparatórias no Sepam não visam apenas ao volume de informações, mas principalmente a instigar os alunos à reflexão e à postura crítica diante do mundo atual. “O que prepara o estudante para aquele exame e também para se posicionar com segurança diante de uma sociedade tão volátil como esta em que vivemos”, complementa.

Redação do Enem exige cuidado e preparação

Outro ponto importante é a preparação para a redação do Enem. Para o professor Elio Antunes, de Literatura e Redação, mais importante que estar atento ao tema da produção textual é saber construir uma redação para o Enem. “Se ele (estudante) souber montar a redação, ele vai se dar bem com qualquer tema, porque o tema que vai aparecer para ser redigido, ele vem com vários textos que orientam, que apoiam você sobre o tema, você tem que saber montar o texto, treinar isso”, explica.

O professor Elio acrescenta também que é importante apresentar uma solução para resolver o problema que consta na proposta de redação. Sobre possíveis temas, a prova do Enem é caracterizada por trabalhar com temáticas sociais. Para o professor, são cotadas propostas sobre prostituição infantil, radicalização “esquerda x direita”, debates na internet em redes sociais, por exemplo. “Por último, um possível tema seria família, jamais caiu algo sobre a família, de repente cai algum tema relativo a isso”, conclui.

Algumas dicas para realizar a prova

A respeito da realização do Enem, o professor Yuri recomenda que os candidatos mantenham-se concentrados, pois é uma prova que exige calma e atenção. “A prova do Enem é historicamente conhecida por ser cansativa. Então a primeira questão que eu falo aos alunos é atenção, tentar não se atropelar. Tem que ser capaz de ler, interpretar a informação e às vezes dar um pequeno tempinho entre uma questão e outra, para não embaralhar tanto o pensamento, com temáticas que podem ser diferentes”, recomenda.

Duas questões fundamentais que sempre auxiliam o aluno na prova do Enem é estar atualizado em termos de notícias e ter o hábito de leitura. “Uma vez que é uma prova de leitura, tem gente que não consegue dosar o tempo e acaba gastando muito tempo na leitura das questões, o que acaba apertando depois para a produção da redação e para o preenchimento do gabarito”, alerta.

Aulões marcam reta final antes do Enem

Às vésperas do primeiro dia do Enem, o Colégio Sepam realiza os tradicionais “aulões preparatórios”, que revisa todos os conteúdos em geral e trabalha com temas abordados em edições anteriores do exame. A partir desta quarta-feira, os alunos terão duas semanas de preparação intensiva, com aulões realizados de forma presencial e online.

A primeira parte do exame será no próximo domingo (17), com a prova sobre Linguagens e Códigos, Ciências Humanas e Redação. Os portões dos locais de prova abrem às 11h30 e fecham às 13h. O exame começa às 13h30. No domingo seguinte (24), o exame encerra com a prova de Ciências da Natureza e Matemática. Esta edição do Enem também contará com as provas em versão digital, que serão realizadas 31 de janeiro e 7 de fevereiro.

Imagem: Divulgação/MAPA 360/Sepam.

Digiqole ad

Notícias Relacionadas