25 de setembro de 2021

(42) 99838-3791

Últimas notícias

UEPG deve investir R$ 183,7 mil em programas de pós-graduação

 UEPG deve investir R$ 183,7 mil em programas de pós-graduação

O objetivo do projeto é destinar verbas para a modernização de laboratórios multiusuários, compartilhados no desenvolvimento de atividades de pesquisa

Das assessorias

A Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) receberá até R$ 183,7 mil para fortalecimento dos programas de pós-graduação. A iniciativa é do Programa Institucional Pró-desenvolvimento do Governo do Estado. A verba vem de suplementação orçamentária da Superintendência de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Seti) para a Fundação Araucária de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico.

O objetivo do projeto é destinar verbas para a modernização de laboratórios multiusuários, compartilhados no desenvolvimento de atividades de pesquisa. De acordo com Giovani Favero, Pró-reitor da Divisão de Pesquisa e Pós-Graduação (Prograd), o repasse será importante para preservação de equipamentos, o que permitirá a manutenção de pesquisas, além de melhorar estruturas multiusuárias. “A Seti e Fundação Araucária sabem que o sistema de pós-graduação estadual está em constante crescimento e, pela diminuição de editais federais para pesquisa, este apoio é muito importante”.

As instituições estaduais de ensino superior paranaenses poderão submeter a proposta, com prazo para execução dos projetos, até março de 2023, observando algumas instruções normativas. O valor cedido para a UEPG será aplicado em ações multiusuárias, principalmente na instalação e manutenção de equipamentos, além de melhorias em locais comuns a mais de um programa de pós-graduação. “Basicamente a verba será investida em todo o Complexo de Laboratórios Multiusuários da UEPG. Como o resultado da proposta será divulgado em meados de abril, acreditamos que na primeira parte de maio já teremos à disposição esse valor”, explica.

Para o titular da Seti, Aldo Bona, a ação vai ao encontro do Programa Paraná Mais Ciência, estabelecido no Plano Plurianual (PPA), principal instrumento de planejamento de médio prazo da Administração Pública. “A ideia é sermos reconhecidos como um Estado estratégico na indução e promoção do conhecimento científico e da inovação, voltados à melhoria da qualidade de vida da população”.

No total, serão destinados recursos no total de R$ 1,5 milhão para as universidades do Paraná. Do montante previsto, 40% dos recursos serão divididos de forma igual, enquanto os 60% restantes serão alocados em função da quantidade de alunos equivalentes dos cursos de pós-graduação stricto sensu (Mestrado e Doutorado).

Informações e imagens: Divulgação/UEPG

Digiqole ad

Notícias Relacionadas