Restaurantes e lanchonetes pedem a volta do atendimento presencial no setor

 Restaurantes e lanchonetes pedem a volta do atendimento presencial no setor

No último decreto, a prefeitura atendeu parte da solicitação da entidade com a volta do drive-thru e retirada no balcão, porém é necessária a volta do atendimento no local

Das assessorias

Na última quarta-feira (31), o presidente do Sindicato Empresarial de Hotelaria e Gastronomia dos Campos Gerais, Daniel Wagner se reuniu com o secretário de Indústria, Comércio e Qualificação Profissional de Ponta Grossa, José Carlos Loureiro, para apresentar sugestões à gestão municipal em relação à pandemia de Covid-19, a fim de amenizar o impacto econômico nas empresas de hotelaria e gastronomia.

No documento estão sugestões como a volta do consumo em restaurantes, bares, cafeterias e demais empresas de gastronomia com limitação de 50% da capacidade do número de pessoas sentadas, evitando aglomeração. Além disso, outro pedido é relacionado a realização de pequenas reuniões corporativas com até 25 participantes, todos seguindo protocolos de prevenção à Covid-19, como uso de máscara e distanciamento.

Para Daniel Wagner, isso vai ajudar as empresas a equilibrarem o caixa. “Precisamos pensar em como aliar atendimento presencial nas empresas, pois a volta do consumo no local é essencial para que o setor sobreviva e a economia não entre em colapso, evitando demissões em massa e falência e nós temos capacidade para seguir os protocolos de prevenção ao coronavírus”. 

Sobre o Sindicato Empresarial de Hotelaria e Gastronomia dos Campos Gerais

O Sindicato Empresarial de Hotelaria e Gastronomia dos Campos Gerais (SEHG) representa as negociações coletivas de trabalho e promove a conciliação nas convenções, acordo e dissídios coletivos de trabalho de interesse individual ou coletivo das empresas associadas.

Também patrocinada e defende os interesses próprios das empresas integrantes da categoria econômica representada, mantendo relações com as demais organizações sindicais para concretização de solidariedade social e defesa dos interesses nacionais, sob o ponto de visita da categoria representadas e dos associados.

Daniel Wagner é o atual presidente da instituição representativa da região dos Campos Gerais com atuação desde 2003.

Em julho de 2020, a entidade sindical abandonou o nome Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares dos Campos Gerais visando se reposicionar como entidade representativa dos empresários, evitando confusões com o Sindicato Laboral e visando fortalecer suas ações.

Informações e imagens: Divulgação/Assessorias

Digiqole ad

Notícias Relacionadas