Realidade Aumentada ajuda a evitar acidentes de trabalho em canteiros de obras

 Realidade Aumentada ajuda a evitar acidentes de trabalho em canteiros de obras

Projeto desenvolvido pelo Instituto Senai de Tecnologia em Construção Civil pretende auxiliar empresas do setor, um dos mais perigosos

Das assessorias

Considerado um dos setores mais perigosos e com maior risco de acidentes de trabalho pela Organização Internacional do Trabalho (OIT), a preocupação em encontrar soluções para minimizar os perigos nos canteiros de obra é uma constante na área. Como forma de auxiliar o setor a atingir esse objetivo, o Instituto Senai de Tecnologia em Construção Civil, em conjunto com a Benazzi Engenharia, elaborou um manual técnico para automação da gestão dos riscos dentro de um canteiro de obras, acompanhado de biblioteca de Equipamentos de Proteção Coletiva (EPCs) em Building Information Modeling (BIM). O projeto foi desenvolvido entre abril e agosto de 2020 e contou com recursos do edital Sesi Tech e da Fundação Araucária. 

Utilizando Realidade Aumentada, Checagem de Conflitos e Modelagem em BIM, esse documento ajuda a proporcionar maior saúde e segurança no ambiente da construção civil, possibilitando identificação e análise em realidade virtual dos locais com risco de queda, rotas de pessoas e de maquinários; identificação e gestão de riscos adaptados e atualizados conforme a etapa da obra; resolução de rotas conflitantes entre pessoas e maquinário da obra; e previsão de custos relativos a Saúde de Segurança do Trabalho do canteiro de obras. 

De acordo com Luciana Ferreira de Camargo Duarte, sócia-administradora da Benazzi Engenharia, o manual vai apoiar as empresas do setor a modificar seus processos desde seu início, pensando na prevenção dos acidentes de trabalho. “Em muitos canteiros de obras, nota-se a falta de planejamento com Saúde e Segurança no Trabalho (SST) e, como consequência, os equipamentos de proteção coletiva não estão previstos no orçamento, gerando, assim, a compra inadequada de material e soluções que estão em desacordo com a norma ou até falta de equipamentos. A ferramenta, por sua vez, possibilita que seja feito um planejamento mais adequado nesse sentido”, comenta.  

Karine Coelho Corrêa, analista de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação no IST Construção Civil afirma que, apesar de existirem iniciativas voltadas a treinamentos em Saúde e Segurança no Trabalho envolvendo Realidade Aumentada e gameficação, eles não envolvem diretamente a gestão de canteiros de obras em SST e essa é a maior novidade do projeto. “O grande número de acidentes de trabalho ocorridos na construção civil requer a criação de formas de mitigar e prevenir antecipadamente os riscos do setor. O uso das tecnologias BIM disponíveis proporciona a melhoria efetiva da gestão de saúde e segurança no trabalho nos canteiros de obras”, completa. O manual e a biblioteca desenvolvidos ao longo do projeto estão disponíveis para consulta e download gratuitamente. 

Sobre o IST Construção Civil

O Instituto Senai de Tecnologia em Construção Civil dispõe de grande infraestrutura para prestação de serviços tecnológicos, para atendimento à exigências normativas e desenvolvimento de novos materiais e sistemas construtivos, bem como consultorias para melhoria de processos, entre outros, promovendo assim maior qualidade e produtividade para a cadeira da Construção Civil. As soluções vão de consultorias tecnológicas, serviços metrológicos e projetos de pesquisa, desenvolvimento e inovação. Para conhecer, acesse: www.senaipr.org.br/tecnologiaeinovacao/nossarede/construcaocivil

SOBRE O SISTEMA FIEP

O Sistema Fiep é composto pela Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep), Serviço Social da Indústria (Sesi), Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e Instituto Euvaldo Lodi (IEL). As instituições trabalham integradas em prol do desenvolvimento industrial. Com linhas de atuação complementares, realizam a interlocução com instâncias do poder público, estimulam o fomento de negócios nacionais e internacionais, a competitividade, a inovação, a tecnologia e a adoção de práticas sustentáveis, e oferecem serviços voltados à segurança e saúde dos trabalhadores, à educação básica de crianças, jovens e adultos, à formação e aperfeiçoamento profissional, à formação de nível superior, além de capacitação executiva.

Informações: Divulgação/Sistema Fiep

Imagem: Reprodução/Freepik

Digiqole ad

Notícias Relacionadas