Programa irá atender mais de 250 mil famílias em vulnerabilidade

 Programa irá atender mais de 250 mil famílias em vulnerabilidade

O governador Carlos Massa Ratinho Junior instituiu o Programa “Nossa Gente Paraná” com o objetivo de ajudar a reduzir a pobreza no Estado

Das assessorias

Um dos maiores programas de assistência social do Brasil, destinado ao atendimento e promoção de famílias e indivíduos por meio da oferta de um conjunto de ações intersetoriais, foi oficializado no Paraná. A Lei nº 20.548, sancionada pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior, instituiu o Programa “Nossa Gente Paraná”, que prevê ações para ajudar a reduzir a pobreza no Estado.

Além do acompanhamento familiar intersetorial, o Nossa Gente engloba ações e projetos como Nossa Renda, Renda Agricultor Familiar, Luz Fraterna, Aluguel Social, Caixa d’Água Boa, Inclusão Produtiva Solidária, Construções de Equipamentos Sociais (Cras e Creas), cofinanciamento aos municípios, Regularização Fundiária e Construções de Moradias.

Somente com o Luz Fraterna são beneficiadas 216.662 famílias paranaenses em situação de vulnerabilidade social através do Programa “Nossa Gente”.

Com o acompanhamento familiar intersetorial estão sendo atendidas 32.475 famílias; com o Renda Agricultor Familiar a previsão é de atender 1.600 famílias; com o Caixa d’Água Boa são 1.800 famílias beneficiadas, e outras 560 com a Inclusão Produtiva Solidária; o Aluguel Social contempla 438 famílias e a construção de casas estão beneficiando 1.450 famílias.

O Programa tem como objetivo promover a melhoria da qualidade de vida e reduzir a vulnerabilidade social das famílias residentes em territórios de maior concentração de pobreza, por meio da articulação de políticas e coordenação de serviços ofertados pelas diversas áreas do Governo. 

Sob responsabilidade da secretaria estadual da Justiça, Família e Trabalho, o programa Nossa Gente ainda apoia municípios e famílias na superação da situação de emergência ocasionada pela Covid-19, repassando recursos aos municípios.

Informações e imagens: Divulgação/AEN

Digiqole ad

Notícias Relacionadas