24 de setembro de 2021

(42) 99838-3791

Últimas notícias

Ponta Grossa segue na disputa para ser sede da ESA

 Ponta Grossa segue na disputa para ser sede da ESA

A prefeita Elizabeth Schmidt recebeu representantes do Exército para discutir tratativas da possível instalação; encontro também servirá para a equipe conhecer estruturas de saúde e do aeroporto

Das assessorias

Durante todo o dia de hoje (28) a prefeita Elizabeth Schmidt acompanhará a comitiva de representantes do exército em visitas em áreas e estruturas de saúde municipais. Os militares chegaram pela manhã na cidade e se reuniram no paço municipal para alinhar estratégias e cronogramas de ações. Coronéis de Curitiba da 5ª divisão de exército e demais representantes vieram iniciar a vistoria de algumas estruturas de interesse da Escola de Sargentos de Armas (ESA), em Ponta Grossa.
A primeira vistoria aconteceu em alguns imóveis que o exército pretende utilizar para construir as moradias dos militares em Ponta Grossa, são os chamados Próprios Nacionais Residenciais (PNRs), depois vão vistoriar alguns locais de saúde para conhecer um pouco melhor a estrutura de prestação de serviço de saúde pública do município. 
No período da tarde a equipe vai até o Aeroporto Sant’Ana para vistoriar o hangar que a Prefeitura está oferecendo para operação de helicópteros do exército e também para fazer um sobrevoo na  área e na cidade, a intenção é fazer alguns registros para apresentar ao alto comando do exército.  As áreas avaliadas ainda serão repassadas para Câmara e dependem da aprovação oficial dos vereadores. 
“Estamos confiantes que poderemos sediar a Escola. Ponta Grossa conta com algumas vantagens estratégicas, como a proximidade com a capital do Estado, a disponibilidade imediata do Hotel de Trânsito, área adequada e disponível para a instalação da ESA, conexões aéreas e rodoviárias bastante acessíveis e disponíveis e, além de uma vasta rede de serviços públicos para o pessoal de apoio e familiares dos militares, inclusive uma das maiores redes de ensino de toda a região Sul”, destaca a prefeita Elizabeth.
Ponta Grossa é uma das três finalistas do processo de seleção do município que irá sediar a ESA, uma das mais tradicionais instituições militares brasileiras. O município disputa a Escola com outras duas cidades, Santa Maria no Rio Grande do Sul e Recife, em Pernambuco.
Hoje, Ponta Grossa sedia a 5ª Brigada de Cavalaria Blindada, e responde efetivamente pelo comando de diversas organizações militares, contendo estrutura diferenciada, como um aeroporto com voos regulares, imóveis públicos disponíveis para a implantação da unidade. 

A decisão de qual será a cidade sede da ESA acontecerá em agosto. 

Informações e imagens: Divulgação/PMPG

Digiqole ad

Notícias Relacionadas