24 de setembro de 2021

(42) 99838-3791

Últimas notícias

Ponta Grossa pode vacinar mais de 35 mil pessoas por mês, estima Everson Krum

 Ponta Grossa pode vacinar mais de 35 mil pessoas por mês, estima Everson Krum

Vice-reitor da UEPG estima que, com oferta de imunizantes, cidade pode vacinar mais de 35 mil pessoas por mês

Das assessorias

O vice-reitor da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), Professor Everson Krum, estima que Ponta Grossa possa vacinar, em um mês, mais de 35 mil pessoas. O cálculo leva em conta a vacinação feita em Unidades Básicas de Saúde (UBS) e também em mutirões. Até esta sexta-feira (19), Ponta Grossa havia aplicado 20. 742 doses da vacina contra a covid-19.

Com a experiência de ter sido diretor do Hospital Universitário (HU-UEPG) por seis anos (2012-2018), Everson destaca que a oferta do imunizante por parte do Ministério da Saúde, do Governo do Estado e da própria Prefeitura, o município têm condições de fazer uma campanha de vacinação efetiva. “Nas vacinas contra outras doenças, temos um histórico de boas ações em prol da imunização, atendendo a população de forma eficaz”, lembra. 
O cálculo de Everson leva em conta um cenário em que a Fundação Municipal de Saúde (FMS) estabeleça 35 pontos de vacinação da cidade durante os dias de semana, com um aplicador em cada local. Estima-se que cada profissional consiga aplicar 6 doses por hora, trabalhando sete horas por dia e 20 dias por mês – desta forma, cada posto de vacinação aplicaria 840 doses.

Desta forma, apenas os postos (35 na estimativa) seriam vacinadas 30 mil pessoas. A isso se soma a possibilidade dos mutirões que, normalmente, costumam funcionar com mais vacinadores e em um ritmo mais rápido de aplicação das doses. Com mutirões acontecendo aos sábados, Everson que em cada um destes eventos poderiam ser vacinados no mínimo 1260 pessoas – neste final de semana a Prefeitura realizará um mutirão com 15 postos em funcionamento. Se o mutirão fosse realizado nos quatro sábados de um mês, mais de 5 mil pessoas poderiam ser imunizadas. 

Krum salienta que a estimativa busca mostrar que o sistema de saúde de Ponta Grossa tem condições de vacinar em massa e inclusive contar com ampliações. “Havendo imunizante [vacina] disponível, os profissionais da saúde tem capacidade operacional de vacinar uma grande parcela da população de forma ágil, segura e confortável para o paciente, especialmente aqueles que são do grupo de risco”, lembra.

Compra de novas vacinas

Em âmbito municipal, a Prefeitura Municipal de Ponta Grossa (PMPG) busca adquirir vacinas via convênio feito pela Associação dos Municípios dos Campos Gerais (AMCG) e também há pedidos para compra direta da vacina Sputnik V, já adquirida por municípios mineiros. Além disso, o Governo do Estado se articula para adquirir 16 milhões de doses com recursos próprios.

Informações e imagens: Divulgação/Assessorias

Digiqole ad

Notícias Relacionadas