Quarta, 17 de Julho de 2024 (42)99838-3791
Geral Amep

Amep realiza pesquisa sobre o VLT Metropolitano com usuários do Aeroporto Afonso Pena

O objetivo é identificar o perfil do usuário, informações sobre a viagem e uma avaliação sobre a possibilidade de alteração dos meios de deslocame...

17/05/2024 16h30
Por: Redação Fonte: Secom Paraná
Foto: AMEP
Foto: AMEP

A Agência de Assuntos Metropolitanos do Paraná (Amep) iniciou nesta sexta-feira (17) uma pesquisa com usuários e trabalhadores do Aeroporto Afonso Pena, em São José dos Pinhais, Região Metropolitana de Curitiba. O objetivo é identificar, além do perfil (gênero, idade e renda), informações sobre a viagem (origem, destino, motivo, modo de transporte de chegada ou saída do aeroporto), e uma avaliação sobre a possibilidade de alteração dos meios de deslocamento até o aeroporto e a partir dele considerando a implantação do Sistema de Veículo Leve Sobre Trilhos (VLT) .

O estudo, conhecido como Pesquisa de Preferência Declarada (PPD), busca identificar o quanto estes usuários estariam dispostos a trocar o automóvel, ônibus, carros de aplicativos, táxis, entre outros meios de transporte, pelo VLT, combinando aspectos como origem/destino, custo e tempo de deslocamento.

A pesquisa também é realizada com trabalhadores do aeroporto, considerando que são potenciais usuários deste sistema, já que permitirá uma conexão direta entre o Terminal Central de São José dos Pinhais, linhas urbanas do município e demais terminais de Curitiba integrados à Rede Integrada de Transporte (RIT).

Conduzida pela empresa Oficina Engenharia, integrante do Consórcio TYLin-Oficina-Rhein-Addax-Setec, responsável pelos estudos técnicos do projeto VLT Expresso Metropolitano e coordenado pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), a pesquisa pretende entrevistar 640 pessoas nas próximas semanas.

A PPD faz parte da etapa 1 do projeto do VLT Expresso Metropolitano, que fará um diagnóstico e avaliação preliminar, devendo contar ainda com pesquisas de origem e destino, feitas em locais estratégicos na ligação entre os municípios de Curitiba e São José dos Pinhais. Também serão desenvolvidos estudos de demanda, levantamentos de campo, que deverão analisar aspectos da infraestrutura impactada pelo projeto e eventuais interferências relevantes no traçado desejado e seu entorno, entre outros aspectos.

VLT– O VLT deve substituir os ônibus expressos (BRT) do Eixo Boqueirão, na Capital, expandindo a linha até o Aeroporto Afonso Pena, passando pelo Terminal Central de São José dos Pinhais. Somente as linhas que passam hoje pelo Eixo Boqueirão transportam uma média de 126 mil passageiros nos dias úteis, sendo cerca de 15 mil pessoas nos horários de pico.

A previsão é que a entrega dos primeiros estudos para a nova modelagem e a concessão ocorra no primeiro trimestre do ano que vem, com a realização de consulta e audiência pública e publicação do edital de leilão até junho de 2025. Caso o projeto seja viável, o leilão deve ocorrer até setembro de 2025 na Bolsa de Valores (B3), em São Paulo. A previsão total de investimento é de R$ 2,5 bilhões.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.