24 de setembro de 2021

(42) 99838-3791

Últimas notícias

Moradores da Comunidade Pinheirinhos relatam falta diária de água no distrito

 Moradores da Comunidade Pinheirinhos relatam falta diária de água no distrito

A região é abastecida por dois poços artesianos, mas um deles secou e parou de funcionar, o que segue em funcionamento não supre a necessidade de toda a vila

Por Cícero Goytacaz

A população do distrito de Pinheirinhos, zona norte de Ponta Grossa, enfrenta problemas com o abastecimento de água na região. A região é abastecida por dois poços artesianos, um instalado há cerca de 22 anos, entre 1997 e 1998; e o outro implantado recentemente, em 2017.

De acordo com moradores, a falta de água é um problema frequente na comunidade. “Esse é o problema de mais urgência que enfrentamos aqui na vila, todas as tardes falta água”, relata Lígia Sucoski, moradora do distrito há 15 anos.

Atualmente, um dos poços secou e parou de funcionar, o que segue em funcionamento não supre a necessidade de toda a vila, conta a vice-presidente da Associação de Moradores de Pinheirinhos, Vilma Robach. “Geralmente a gente só tem água de manhã e à noite, a gente precisa da caixa d’água para ter durante o dia”, destaca. “Por isso a gente pede para que os moradores economizem água, que cada um tenha sua caixa em casa, para não faltar durante o dia”, completa.

De acordo com Vilma, os gastos com a manutenção dos poços são arcados pelos próprios moradores. “Quando queima uma bomba, a gente que tem que comprar, por isso que a comunidade paga uma taxa para sempre ter uma ‘reservinha’ para poder comprar”, explica a moradora. “Sempre que acontece de queimar a bomba, fica uns três dias para vir a nova, então a gente recorre à prefeitura e eles mandam um caminhão-pipa, que repõe as caixas d’água, mas só isso não vence toda a comunidade”, conclui.

A Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) foi procurada pela reportagem e explicou, por meio de sua assessoria de imprensa, que o abastecimento de localidades rurais é de responsabilidade do município. No caso de Ponta Grossa, apenas dois distritos estão integrados à rede de distribuição da Sanepar na cidade. “Pinheirinhos não é atendido pela Sanepar. O contato da companhia com o município de Ponta Grossa contempla a sede urbana e os distritos de Guaragi e Uvaia”, esclarece.

O Departamento de Infraestrutura Rural da Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento informou, por meio da assessoria de imprensa da Prefeitura Municipal de Ponta Grossa, que não há no momento nenhuma solicitação oficial de assistência a respeito dessa situação por parte dos moradores. “O primeiro passo, nesse caso, é a Associação de Moradores entrar em contato com a Prefeitura via protocolo 156 ou no próprio telefone da secretaria, no 3220-1000, ramal 1459, a fim de formalizar a solicitação e relatar o problema”, explica a assessoria. “Após o contato, a Infraestrutura Rural fará um levantamento sobre a situação para verificar como proceder”, finaliza.

Imagem: Cícero Goytacaz

Digiqole ad

Notícias Relacionadas