“Minha preocupação é dar o máximo suporte às escolas”, afirma secretária da Educação

 “Minha preocupação é dar o máximo suporte às escolas”, afirma secretária da Educação

A professora Simone Neves, realizou nesta quarta (03) o primeiro encontro remoto com as diretoras das escolas para o ano letivo 2021

Das assessorias

De maneira remota, como será grande parte de 2021. Assim foi o primeiro encontro entre a secretária de Educação de Ponta Grossa, Professora Simone Neves, com 152 diretoras e diretores da rede pública municipal. Durante a reunião virtual, Simone demonstrou que a gestão será de diálogo com os profissionais da Educação e que a retomada das atividades requer cuidado e acolhimento a todos. Os professores retornam ao trabalho nesta quinta (04).

A preocupação da secretária é dar o máximo de suporte para as escolas, em tudo o que dá sustentação ao trabalho, desde as questões socioemocionais até na disponibilização de equipamentos de segurança para a organização das unidades. Para isso, as escolas estão recebendo recursos de imediato, por meio do Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE Emergencial), além de novas parcelas do Programa de Adiantamento de Despesas (PAD) e de insumos repassados pela SME.

“Este é, principalmente, um momento de acolhimento aos profissionais da Educação. Destacamos a importância do diálogo e da união de todos para que, juntos, tenhamos a retomada presencial de maneira segura, confiante e tranquila”, demonstra Simone. “Neste momento, todos serão ouvidos para a elaboração do plano de retorno de cada unidade, priorizando a segurança para os funcionários, alunos e toda a comunidade escolar”, informa a secretária.

Durante o encontro, foram repassados com as diretoras os detalhes finais para receber bem os pais, alunos e professores. Também foi encaminhado o Protocolo de Biossegurança, desenvolvido pela SME com base nas orientações de diversos órgãos. No documento constam todas as ações necessárias para o retorno gradativo às aulas presenciais. Agora, a partir dele e com o retorno dos professores, serão iniciadas as comissões de cada CMEI e Escola para a organização do plano de retorno de cada unidade. Com base no Protocolo de Biossegurança, cada uma irá encontrar a melhor forma de colocar os procedimentos em prática. As equipes também darão início à organização das turmas e farão contato com as famílias para orientar sobre o retorno às aulas presenciais e remotas, dentro do sistema híbrido.

Juntos pela escola pública 

A secretária de Educação revelou ao grupo de gestores o slogan que norteará as ações da SME ao longo da sua gestão: “Juntos na construção da escola pública que ensina e humaniza”.

“Indicamos aos diretores que este é o momento da união de todos, de ter um olhar com empatia, priorizando o diálogo, ouvindo os professores e demais funcionários. Ninguém ficou ileso ao vírus e a esse tempo todo que passamos em isolamento. Então, vamos juntos, porque não conseguiremos fazer sozinhos tudo o que precisamos para este retorno. Precisamos de Humanização, porque é preciso ter empatia e cada um precisa dar um pouco de si para que possamos cuidar de todos. E diálogo para sabermos conviver. É assim que vamos construir a nossa escola pública que ensina e que humaniza, colocando-a no lugar de destaque que ela merece”, disse Simone.

Informações e imagens: Divulgação/PMPG

Digiqole ad

Notícias Relacionadas