25 de setembro de 2021

(42) 99838-3791

Últimas notícias

Mesmo com flexibilização, empresários fazem manifestação pela reabertura do comércio

 Mesmo com flexibilização, empresários fazem manifestação pela reabertura do comércio

Movimento alega que a flexibilização das restrições são insuficientes para a retomada das atividades econômicas e o setor de bates e restaurantes ainda terão dificuldades

Da redação

No início da tarde desta sexta-feira (26), o Movimento “Unidos pelo Comércio de Ponta Grossa” enviou um comunicado à imprensa informando que estão mantidas as manifestações programadas para esta tarde, às 15h, na Avenida Vicente Machado. A mobilização acontece apesar do anúncio de relaxamento das restrições e possibilidade de reabertura do comércio na próxima segunda-feira (29).

De acordo com os empresários, o novo decreto da Prefeitura Municipal ainda é insuficiente para a retomada das atividades econômicas de setores essenciais para nosso município. Eles alegam ainda, que temas importantíssimos como transporte coletivo e o setor de bares e restaurantes, por exemplo, terão dificuldades mesmo com as novas medidas anunciadas.

O documento assinado pela Associação Comercial de Ponta Grossa (ACIPG), Sindilojas, Associação de Lojistas Shopping Palladium ressalta ainda os cuidados tomados pelos lojistas para evitar a propagação da Covid-19. “Há um ano o comércio de Ponta Grossa vem se dedicando com comprometimento para seguir todos os protocolos de segurança, com o objetivo de evitar o aumento de contaminação”, afirma.

Confira a nota na íntegra:

O Movimento “Unidos pelo Comércio de Ponta Grossa”, ao lado do Núcleo de Comércio da Associação Comercial de Ponta Grossa (ACIPG), Sindilojas, Associação de Lojistas Shopping Palladium e demais entidades que apoiam a mobilização dos comerciantes de Ponta Grossa, informa que mantém a manifestação programada para esta sexta-feira (26), a partir das 15 horas, no centro de Ponta Grossa.

O movimento se solidariza com todas as famílias atingidas pela pandemia da Covid-19, agradece a todos os profissionais de saúde que atuam na linha de frente do combate ao coronavírus e informa que manteve a manifestação por entender que as medidas anunciadas pela prefeita Elizabeth Schmidt nesta sexta-feira ainda são insuficientes para a retomada das atividades econômicas de setores essenciais para nosso município. Temas importantíssimos como transporte coletivo e o setor de bares e restaurantes, por exemplo, terão dificuldades mesmo com as novas medidas anunciadas pela prefeitura.

Há um ano o comércio de Ponta Grossa vem se dedicando com comprometimento para seguir todos os protocolos de segurança, com o objetivo de evitar o aumento de contaminação. Os lojistas defendem a ampla fiscalização e não medem esforços para que todas estas medidas continuem sendo respeitadas e assim toda a população não sofra ainda mais com os efeitos desta pandemia.

Imagens: Reprodução/Facebook

Digiqole ad

Notícias Relacionadas