Maio amarelo: Você sabe qual é o meio de transporte mais seguro do mundo?

 Maio amarelo: Você sabe  qual é o meio de transporte mais seguro do mundo?

O ranking da revista americana Condé Nast Traveler mostra que elevador – em seguida, avião e trem – são os que registram menos acidentes

Das assessorias

Qual o meio de transporte mais seguro do mundo? Acertou quem respondeu elevador. Sim, o meio que transporta passageiros de um andar para outro dentro de um edifício é o mais seguro do mundo. O ranking da revista americana Condé Nast Traveler mostra, em seguida, avião e trem. “Ambos são muito seguros e trocam posições entre o segundo e terceiro lugares, dependendo da quantidade de linhas de trem e voos operando em determinado país”, explica Fábio Augusto Jacob, coronel aviador da reserva da Força Aérea Brasileira, coordenador e professor da Academia de Ciências Aeronáuticas Positivo (ACAP), da Universidade Positivo. No Brasil, por exemplo, acidentes de avião são mais comuns que os sobre trilhos.

Já os meios de transporte que envolvem maiores riscos de acidentes são bicicleta, moto, carro, ônibus e caminhão. Melhorias nas vias, leis mais rigorosas de controle de velocidade e uso de equipamentos de segurança, e maior responsabilidade dos motoristas, passageiros e, inclusive, pedestres, têm ajudado a reduzir a gravidade dos acidentes em vias urbanas e rodoviárias, mas ainda há muito a evoluir. Em 2019, segundo dados mais recentes do Ministério da Saúde, 30.371 pessoas perderam a vida no trânsito brasileiro. Dessas vítimas fatais, 10.674 eram motociclistas.

Elevador

Práticos e funcionais no dia a dia, o elevador faz parte da rotina de muitas pessoas. O meio de transporte mais seguro do mundo conta com normas e medidas de adequação, prazo rigoroso para renovação de peças, é sustentado por três cabos, trava, limitador de velocidade, dentre outros métodos que garantem a segurança de quem está de passagem entre andares de um edifício. 

Avião

Segundo Fábio Jacob, a segurança na aviação decorre do histórico de ser uma atividade de risco, portanto é tudo muito regulado. “Nada é feito no improviso ou na tentativa. Existem normas e procedimentos que foram aperfeiçoados por meio do tempo. Além da normatização, padronização e formação especializada das pessoas, existe uma manutenção muito rígida”, informa. O avanço tecnológico também trouxe ainda mais segurança. Controle de tráfego aéreo, sistema de comunicação, geoposicionamento, tudo isso facilita a segurança da aviação. 

Trem

O trem também conta com inúmeros processos de segurança para o funcionamento. “Teste de pressão em freios, interação pelo satélite, velocidade controlada de acordo com a temperatura ideal para que o ferro não dilate, dentre tantos outros fatores que reforçam que é muito raro vermos acidentes de trem”, explica o presidente da Serra Verde Express – empresa concessionária de trens turísticos no Brasil – Adonai Aires de Arruda. 

Informações e imagens: Divulgação/Serra Verde Express

Imagem de destaque: Reprodução/Freepik

Digiqole ad

Notícias Relacionadas