Ladrões invadem residência e furtam objetos para pagar dívida de drogas

 Ladrões invadem residência e furtam objetos para pagar dívida de drogas

O caso aconteceu na última segunda-feira (10), por volta das 19h, no bairro Contorno

Das assessorias

Na última segunda-feira (10), a equipe ROMU CHARLIE com apoio da ROMU DELTA, prendeu três suspeitos por roubo e envolvimento com o tráfico de drogas. Os suspeitos estavam com a vítima dentro da residência e proferindo ameaças, mas se evadiram antes que os agentes chegassem. O caso aconteceu por volta das 19h, no bairro Contorno. 

A vítima relatou que, ao chegar em casa, avistou a janela de um dos quartos quebrada e um dos suspeitos saindo de motocicleta enquanto a ameaçava de morte, colocando a mão na cintura. 

Logo em seguida, ela foi ao mercado comprar um cadeado, quando teria sido abordada em via pública por dois outros suspeitos que a obrigaram a voltar para a residência com eles. De acordo com a vítima, um dos suspeitos teria afirmado que iria levar o microondas e que era para ela ficar quieta, fazendo menção de que estava armado. 

Os móveis e eletrodomésticos levados, segunda a solicitante, seriam usados para pagar uma dívida de droga que seu ex-esposo contraiu. Ela afirma ainda que os suspeitos teriam dito que voltariam à noite para pegar o restante das coisas e, que se alguém perguntasse, ela deveria dizer que estava vendendo os objetos para eles.  

De posse das informações repassadas, a equipe da Guarda Municipal localizou os dois suspeitos na Rua Ilario Kuhn, em frente ao Mercado Rubens. Eles estavam de posse do microondas na residência da sogra de um deles, que foi reconhecido pela vítima.

Diante da situação, foi dada voz de prisão para ambos e lidos seus direitos constitucionais. Ambos foram conduzidos pela equipe ROMU Delta para a delegacia. 

Na sequência, a equipe foi ao endereço do terceiro suspeito. indicado pela vítima. Ele recebeu voz de abordagem ainda em frente à residência. Em revista pessoal, nada de ilícito foi encontrado. 

Com o conhecimento da equipe das ameaças que a vítima alega ter sofrido, foram realizadas buscas na residência. Ela descreve que na semana anterior teria sido intimidada e novamente na data de hoje com uma arma de fogo. Um simulacro de arma de fogo foi encontrado em cima do sofá e reconhecido pela vítima como semelhante ao que foi utilizado durante as investidas. 

O suspeito recebeu voz de prisão e, após lidos seus direitos constitucionais, encaminhado para a 13 SDP. Durante a condução foi necessário o uso de algemas para a segurança da equipe e do mesmo.

Informações e imagens: Divulgação/PMPG

Digiqole ad

Notícias Relacionadas