Justiça Restaurativa é tema pós-graduação oferecida pelo de IMM e FGW

 Justiça Restaurativa é tema pós-graduação oferecida pelo de IMM e FGW

O curso de pós-graduação tem previsão para início em março e as aulas serão 100% EAD

Das assessorias

Em mais uma parceria com o Instituto Mundo Melhor, a FGW (Faculdade de Gestão Woli) irá oferecer uma pós-graduação inédita em sua grade curricular, trata-se do MBA em Justiça Restaurativa e Gestão de Conflitos. O curso objetiva capacitar profissionais para lidarem com situações de conflitos em diferentes contextos por meio de soluções criativas e eficazes.

A pós-graduação, que tem previsão para início das aulas em março, contará com professores renomados no mercado, aulas 100% EAD e um grande leque de conteúdos relacionados as situações de conflito, por meio da ética do cuidado, da colaboração, da negociação e da mediação.

Para a pedagoga do IMM e coordenadora do curso, Érica Lemes, a importância dessa pós é justamente por ser uma faculdade que vem de uma empresa consolidada na oferta de consultoria e treinamento a distância, a qual está apostando nesse olhar do diálogo, seja para empresas, instituições ou escolas. “Percebe-se que a FGW tem todo um cuidado com alunos e parceiros, por isso para nós é motivo de orgulho e satisfação ter sidos lembrados e poder trazer o tema da mediação de conflitos com esse enfoque abrangente”, evidencia. 

Com mais de 10 anos de parceria com o IMM, o Grupo Woli reconhece a importância de fazer um mundo melhor. De acordo com CEO do grupo, Wagner Oliveira, a Faculdade de Gestão Woli agrega o seu conhecimento e a sua tecnologia a expertise de outros profissionais e instituições ligadas à esfera do direito. “Com isso, visamos desenvolver conteúdos que preparam cidadãos aptos a usarem o conceito de justiça restaurativa na busca de um mundo melhor para todos”, completa.  

Atualmente, o projeto ‘Justiça Restaurativa’ é uma das principais iniciativas do Instituto MM, que através de diversos parceiros tem trabalhado na formação, suporte e supervisão de profissionais que atuam nas escolas, entidades, conselhos, poder judiciário e Ministério Público, além de prefeituras e comunidade em geral. A presidente do IMM, Cirlei Simão Pauliki, salienta que a pós-graduação vem para consolidar o projeto, possibilitando que os profissionais se aprofundem mais no assunto e possam ter novas perspectivas na resolução de conflitos. 

Público-alvo

O público-alvo da pós-graduação é extenso e multidisciplinar, abrangendo profissionais da área jurídica (advogados, procuradores, membros do Ministério Público e da Magistratura, Conselhos Estaduais e Municipais, Prefeituras, professores, consultores), profissionais de áreas correlatas à Justiça Restaurativa e Gestão de Conflitos (psicólogos, assistentes sociais, entre outros) e qualquer profissional com formação de nível superior que tenha interesse pelo tema.

Informações e imagens: Divulgação/IMM

Digiqole ad

Notícias Relacionadas