Instituto Mundo Melhor atende mais de 22 mil pessoas em 2020

 Instituto Mundo Melhor atende mais de 22 mil pessoas em 2020

Presente em 12 estados, o IMM levou seus projetos para 69 municípios brasileiros no ano passado

Das assessorias

Com projetos que buscam transformar a vida das comunidades e fomentar o desenvolvimento social, em 2020, o Instituto Mundo Melhor beneficiou 22.928 pessoas. Deste total, 8.542 foram em atendimentos presenciais e 14.386 participaram dos cursos on-line através das salas virtuais, que conta com a parceria da Woli Tecnologia em Gestão de RH (MG) e da Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe).

Com atuação em doze estados, como Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo, Minas Gerais, Alagoas, Pernambuco, Paraíba, Ceará, Maranhão, Amazonas e Amapá, o IMM levou seus projetos para 69 municípios brasileiros, inclusive contabilizando 72 unidades de salas virtuais.

O fundador e mantenedor do IMM, Marcio Pauliki, destaca que o Instituto, com origem em Ponta Grossa, hoje é considerado um exemplo no Brasil e um exemplo de responsabilidade social, por muitas vezes sendo até reproduzido em outras empresas e entidades. “Temos o maior prazer de apresentar nosso projeto, para que ele possa ser multiplicado em outras cidades e empresas que desejam fazer essa responsabilidade social de forma profissionalizada e com gestão”, declara.

Para a presidente do IMM, Cirlei Simão Pauliki, os resultados demonstram que o Instituto vem fazendo um belo trabalho, tendo uma importância social e educacional muito grande em várias cidades do país. “Vamos continuar atuando para que os projetos se expandam e cheguem a mais pessoas”, garante.

Escola Restaurativa

O projeto Escola Restaurativa, desenvolvido pelo Instituto em parceria com a Comissão de Justiça Restaurativa do Tribunal de Justiça do Paraná, merece destaque, pois conseguiu adaptar seus encontros para o modo online e conquistou excelentes resultados em 2020. A iniciativa que é baseada no diálogo e tem atuado em diversas frentes em todo o país, capacitou 7.326 pessoas através de seus cursos.

Expresso Mundo Melhor

Com mais de 200 cursos online, diversas oficinas, atividades e minicursos presenciais, o Expresso Mundo Melhor atendeu aproximadamente 800 pessoas. O projeto tem o objetivo de levar inclusão digital e qualificação profissional de forma itinerante, atuando em colégios estaduais, organizações sociais sem fins lucrativos, associações de moradores e órgãos públicos.

Jovem MM e Jovem Mãe

Os projetos Jovem Mundo Melhor, que atua na capacitação educacional, e o projeto Jovem Mãe, que propicia apoio a adolescentes grávidas, também obtiveram bons números. As iniciativas beneficiaram 5.405 pessoas no ano passado.

“É um trabalho que nos orgulha muito, que se fortalece a cada ano, que surgiu para complementar os serviços públicos. “O IMM é uma ponte entre o setor público e o privado, em que cada um faz a sua parte, somos a ponte entre as pessoas que podem ajudar e as que precisam ser ajudadas”, evidencia Pauliki.

Projetos para 2021

Pauliki lembra que, neste ano, o Instituto estará completando 12 anos de existência, segundo ele isso demonstra que o Mundo Melhor veio para auxiliar na responsabilidade social da empresa. “Se somarmos todos esses anos de trabalho, serão milhares e milhares de jovens que foram capacitados para o primeiro emprego, centenas de adolescentes grávidas amparadas, além de um trabalho eficaz com os detentos que voltaram para sociedade mais capacitados”, destaca.

Para 2021, a expectativa é atender um número expressivo de jovens, principalmente, nesse momento pós-pandemia, explica Pauliki. “A busca por capacitação e empregabilidade será fundamental, será o foco do IMM, para que os jovens sejam resgatados da melhor forma possível, em busca do seu primeiro emprego que é o melhor projeto social que podemos oferecer”, finaliza.

Informações e imagens: Divulgação/IMM

Digiqole ad

Notícias Relacionadas