Guarda Municipal de Ponta Grossa participa de estudo nacional do Ministério da Justiça

 Guarda Municipal de Ponta Grossa participa de estudo nacional do Ministério da Justiça

Agente municipal fará parte de um grupo de 50 guardas municipais de todo o país com currículos selecionados para participarem das atividade

Das assessorias

A Guarda Civil Municipal da Prefeitura de Ponta Grossa, órgão vinculado à Secretaria Municipal de Cidadania e Segurança Pública (SMCSP), participa, a partir da próxima semana, de um estudo nacional desenvolvido pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP). A pesquisa, que contará com 50 representantes das Guardas Civis das mais diversas partes do país, tem como objetivo, de acordo com o MJSP,  realizar um “levantamento profissiográfico e o mapeamento de competências profissionais do cargo “Guarda Civil Municipal”, balizados pelas contribuições diretas dos(as) profissionais, que vivem o cotidiano das suas instituições”. Ainda segundo o MJSP,  os dados recolhidos irão “subsidiar a atualização da Matriz Curricular das Guardas Municipais”.

Representante do Município no estudo, o GCM Alessandro de Macedo, integrará um dos grupos inter-regionais com participantes de diversos estados do país. “A realização desse estudo é muito importante, pois a partir dos dados e experiências reunidas poderão ser definidas inúmeras ações relacionadas às Guardas Civis de todo Brasil. A revisão da matriz curricular é uma dessas situações e eventuais alterações podem impactar de forma significativa na formação de novos GCM´s, assim como no trabalho diário das equipes”, destaca. 

Para a secretária da SMCSP, Tânia Sviercoski, a inclusão de Ponta Grossa entre as cidades selecionadas para participarem do estudo demonstra o preparo das equipes do Município e a força da Guarda Civil Municipal como órgão de segurança. Além disso, ela também ressalta que a pesquisa pode repercutir de maneira positiva na atuação das guardas civis não só no Município, mas também de todo o país. “Por se tratar de um órgão de segurança criado recentemente, a discussão sobre as competências e as ações desempenhadas pelas Guardas Civis é essencial para que sejam consolidados protocolos e procedimentos, tornando a atuação das equipes ainda mais eficiente. Fico muito contente de Ponta Grossa poder contribuir com esse processo, ganhando destaque nacional com a construção de uma base comum de conhecimentos direcionados aos nossos agentes”, conclui. 

Informações e imagens: Divulgação/PMPG

Digiqole ad

Notícias Relacionadas