Goleada: Operário vence o Cascavel CR por 9 x 0 no Germano Krüger

 Goleada: Operário vence o Cascavel CR por 9 x 0 no Germano Krüger

O Operário Ferroviário entra em campo pela décima primeira rodada do Campeonato Paranaense no próximo sábado (15), às 11h30, na Vila Capanema, em Curitiba

Das assessorias

O Operário Ferroviário venceu por 9 a 0 o Cascavel CR, pela décima rodada do Campeonato Paranaense, no Estádio Germano Krüger, na tarde desta quarta-feira (12), às 15h30. O resultado garante o Fantasma na liderança da primeira fase da competição. Com 20 pontos, seis vitórias, dois empates e duas derrotas, o Alvinegro detém o melhor ataque e defesa do Paranaense.

O jogo
A partida iniciou-se intensa para o Fantasma. Logo aos dois minutos, Tomas Bastos abriu o placar em um chute de fora da área que enganou o goleiro adversário antes de estufar as redes. Não diminuindo o ritmo do jogo e buscando a imposição defensiva, o camisa 10 do Alvinegro tomou cartão amarelo, após confusão com o meio-campista Ewerton que também foi advertido com cartão, aos seis minutos. No minuto seguinte, Ricardo Bueno recebeu livre na área, chutou cruzado, mas o goleiro Léo Souza fez boa defesa e mandou para escanteio, mas não demorou para o camisa 9 fazer o gol. Três minutos depois, recebe novamente dentro da área, chuta colocado e amplia, dois a zero para o Operário.

Com ampla intensidade e movimentação no ataque, a equipe de Vila Oficinas não diminuiu o ritmo. Tomás Bastos fez boa jogada no centro da área, fintou o zagueiro adversário e foi derrubado, pênalti marcado aos 12 minutos. Na cobrança, Jean Carlo não titubeou e ampliou o marcador, três a zero. Mesmo com o placar elástico, o técnico Matheus Costa continuou cobrando pressão em cima do adversário. Com 17 minutos, Bueno recebe de Jean Carlo, o artilheiro operariano finaliza, mas a bola vai para fora. No lance seguinte, em lance pela esquerda, Felipe Garcia encontra Rafael Chorão a bola dentro da área e amplia, quatro a zero no marcador.

Sem demorar para chegar ao ataque, aos 22 minutos, Chorão chutou de fora da área e ela vai no ângulo, lindo gol em Vila Oficinas, e segundo tento do camisa 8 na partida, quinto do Operário na partida. Administrando o placar e dominando o meio de campo, o Operário insistia nas jogadas em triangulações pelos lados de campo. Aos 32 minutos, Ricardo Bueno finaliza, o goleiro Léo Souza defende e Felipe Garcia aproveita o rebote, ampliando o placar para seis a zero. Antes de acabar a primeira etapa, quase veio o sétimo. Após levantamento de Fabiano, Alex Silva sobe mais alto que os zagueiros e cabeceou no travessão, aos 48 minutos.

Na volta para o segundo tempo, Matheus Costa fez as cinco alterações possíveis. Saíram Alex Silva, Rafael Chorão, Jean Carlo, Ricardo Bueno e Tomas Bastos para a entrada de Lucas Mendes, Cleyton, Leandrinho, Schumacher e Thomaz Santos. No primeiro minuto após o retorno do intervalo, Lucas Mendes comete falta e leva cartão amarelo. Buscando quebrar as linhas adversárias, o Fantasma mostrou-se intenso nos primeiros minutos do segundo tempo. Aos 11 minutos, Cleyton recebeu o terceiro cartão amarelo da equipe no jogo. Dois minutos depois, Felipe Garcia faz boa jogada pela direita, toca para dentro da área e Schumacher estufa as redes, mas a bola havia saído para fora, antes do passe.

Com novas peças em campo, buscando jogo e demonstrando consciência dos passes nas transições ofensivas, o Operário chegou ao sétimo gol com Thomaz, aos 19 minutos. O meio-campista recebeu na área, fintou o goleiro duas vezes e estufou as redes. Mantendo a boa atuação, o Fantasma não diminuiu o ritmo e chegou ao oitavo gol. Aos 27 minutos, Lucas Mendes recebeu dentro da área pela direita, avançou e fez o chute cruzado, sem chances para o goleiro Ícaro. No minuto seguinte, Felipe Garcia recebeu o quarto cartão amarelo do Operário, após entrada forte no adversário.

No final, a partida continuou intensa para o Alvinegro. Aos 40 minutos, Thomaz faz boa jogada pela esquerda, a bola encontra Leandrinho que manda para o fundo do gol, marcando o nono gol do Operário no jogo. Três minutos após o gol, o camisa 19 comete falta em cima do adversário e foi expulso de maneira direta pelo árbitro. A partida terminou aos 47 minutos, com goleada do Fantasma de 9 a 0 em cima do Cascavel CR.

Avaliação do treinador

Em entrevista coletiva online, o técnico Matheus Costa avaliou sobre o amplo resultado. ‘’ Avalio como mérito da equipe. Parabenizar todos os atletas que estão com um comprometimento muito forte com o Operário, com a nossa causa e objetivo. Ficamos felizes por tudo que estamos fazendo e colocando em prática nos jogos. Mérito de todo o grupo quando fazemos um resultado expressivo como esse e vários atletas participaram de gols e mostra, mostra nosso desempenho coletivo. A gente fica muito feliz por mostrar essa coletividade nossa’’.

Próximo jogo
O Operário Ferroviário entra em campo pela décima primeira rodada do Campeonato Paranaense no próximo sábado (15), às 11h30, na Vila Capanema, em Curitiba.

FICHA TÉCNICA
Operário 9×0 Cascavel CR
Campeonato Paranaense – 11 rodada
Estádio Germano Krüger – 12/05/21

Operário: Thiago Braga, Alex Silva (Lucas Mendes), Fábio Alemão, Rodolfo Filemon, Fabiano, Marcelo Santos, Rafael Chorão (Cleyton), Tomas Bastos (Thomaz Santos), Jean Carlo (Leandrinho), Felipe Garcia, Ricardo Bueno (Schumacher).
Téc: Matheus Costa
Banco: Henrique, Léo Rigo, Zémarcio, Douglas Santos, Tibagi e Alemão.

Cascavel CR: Léo Souza, Lapa, Vinicius Sangiorgi, Cristiano de Oliveira, Adriano, Castro, Ewerton, Bruno, Lucas, Ramon, Wellington Batista.
Téc: Arthur Vaz
Banco: Kennidy, Enzzo, Toró, Leonardo.
Gols: 1T 2´ Tomas Bastos, 1T 10´ Ricardo Bueno, 1T 15´ Jean Carlo, 1T 18´ e 22´ Rafael Chorão, 1T 32´ Felipe Garcia. 2T 19´ Thomaz, 2T 27´ Lucas Mendes, 2T 40´ Leandrinho.

Árbitro: Eduardo da Silva Silveira
Assistente 1: Fernando César Tobias
Assistente 2: Marco Antônio dos Santos Pepe
Quarto Árbitro: André Felipe Olivério

Informações e imagens: Divulgação/OFEC

Digiqole ad

Notícias Relacionadas