24 de setembro de 2021

(42) 99838-3791

Últimas notícias

Estudante consegue vaga na Unicamp sem vestibular ou Enem

 Estudante consegue vaga na Unicamp sem vestibular ou Enem

Acesso à universidade foi conquistado com bons resultados em olimpíadas e competições de conhecimento

Das assessorias

Entrar numa boa universidade é o sonho de quase a totalidade dos estudantes que se preparam ao longo de anos para conseguirem, ao fim do Ensino Médio, ver os esforços recompensados. Esse é um objetivo que exige do jovem muita dedicação e foco naquilo que acredita ser o melhor caminho para alcançar o resultado desejado. No caso do estudante de Cambará (PR), Raul Fonseca Poça, de 17 anos, que recém terminou o Ensino Médio, todo o esforço dos últimos anos rendeu a conquista de uma vaga no curso de Engenharia Física da Unicamp (Universidade de Campinas), uma das mais concorridas do país. E a surpresa: a vaga foi garantida sem a participação no vestibular da instituição, nem por meio de nota do Enem.

Raul foi selecionado por conta do bom desempenho obtido em olimpíadas e competições de conhecimento. Com medalhas de ouro na Olimpíada Brasileira de Astronomia 2020 e na Olimpíada Nacional de Ciências de 2019 e 2020, além de uma medalha de bronze no Concurso Internacional de Matemática de 2020, as conquistas do estudante não param por aí. Raul ainda tem no histórico o 1o lugar nacional no Simulado do Sistema Positivo de Ensino em 2020 e está pré selecionado para a Olimpíada Internacional de Astronomia. O currículo invejável garantiu ao estudante uma das vagas destinadas pela Unicamp para estudantes de escolas públicas e privadas que sejam medalhistas ou tenham um ótimo desempenho em competições de conhecimento do Ensino Médio.

Em novembro de 2020, a Unicamp ofereceu, por meio do processo Vagas Olímpicas 2021, 116 vagas em 29 opções de cursos. Pelas regras do edital, os candidatos puderam se inscrever em até dois cursos (em 1a opção e em 2a opção). Em cada curso, os candidatos eram selecionados por ordem decrescente da pontuação obtida nas olimpíadas ou competições. Para o curso escolhido por Raul, haviam 180 inscritos e 15 vagas. Uma delas ficou com ele. “Meu objetivo ao participar dessas competições nunca foi esse; sempre fui muito incentivado pelos meus pais a buscar os melhores resultados e me esforçar sempre. Essa conquista veio como um prêmio por tudo isso”, afirma Raul.

Raul foi aluno do Colégio Nossa Senhora das Graças/CEMEC, conveniado ao Sistema Positivo de Ensino, desde a Educação Infantil até a conclusão do Ensino Médio. O estudante é o exemplo de como uma formação básica robusta, com material didático de qualidade, aliada ao esforço individual e com o apoio da família sempre presente, podem resultar em bons frutos. A mãe de Raul e professora do Colégio onde o filho estuda, Marisilvia Fonseca, comemora a conquista do jovem e destaca: “não existem atalhos, nem milagres, a aprendizagem é um passo de cada vez. São muitas etapas e cada uma delas é essencial nesse processo. É preciso empenho e comprometimento do estudante, muita atenção e incentivo por parte da família, além, é claro, de um colégio que dê uma formação básica de qualidade. Tais fatores são indispensáveis e se faltar um deles, o processo de aprendizagem será comprometido”, comenta.

Informações e imagens: Divulgação/Sistema Positivo de Ensino

Digiqole ad

Notícias Relacionadas