Dia da Mulher: Prefeitas dos Campos Gerais destacam importância da mulher na política

 Dia da Mulher: Prefeitas dos Campos Gerais destacam importância da mulher na política

A quantidade de mulheres eleitas para exercer cargos este ano foi 4,4% maior do que a registrada no pleito anterior

Das assessorias

“Em 2021 já contamos com um feito histórico que é ter quatro mulheres como prefeitas na região que abrange a Associação dos Municípios dos Campos Gerais (AMCG)”, destacou a primeira prefeita de Ponta Grossa Elizabeth Shmidt ao homenagear as mulheres pelo seu dia. Ela lembrou ainda da representatividade da região com deputadas (federal e estadual), além de inúmeras vereadoras. O número ainda é baixíssimo, mas as mulheres ocupando cargos na política vêm tendo cada vez mais espaço a cada pleito. “Elas vem conquistando o seu espaço em todos os segmentos”, exulta a prefeita de Carambeí, Elisângela Pedroso.

A quantidade de mulheres eleitas para exercer cargos este ano foi 4,4% maior do que a registrada no pleito anterior. Em 2016, 11,5% das cadeiras foram ocupadas por mulheres e neste ano, 12%, são 658 cidades brasileiras sob o comando de mulheres, apesar de um eleitorado 52% feminino. Nos Campos Gerais o número atual representa um recorde. Em 2012 a região já contou com três mulheres como prefeitas, Angela Mercer (Tibagi), Lourdes Bannach (Ortigueira) e Elietti Jorge (Sengés). Na gestão passada Lurdinha conquistou a reeleição e teve como companheira a prefeita Nerilda Pena (Arapoti).  

A tardia participação das mulheres na política foi ressaltada entre as prefeitas. “Em Jaguariaíva levamos 197 anos para eleger a primeira mulher prefeita, aquela que celebrará o bicentenário do município em 2023, junto com tantas outras mulheres fantásticas”, adianta a prefeita Alcione Lemos, completando que o “lugar de mulher é onde ela quiser”.

Em Imbaú, a prefeita Dayane Sovinski destacou ainda todas as cidadãs que, ao lado dela, estão contribuindo para o desenvolvimento de seu município. “Reconheço o importante papel que temos na busca incansável de valorização para que as mulheres tenham verdadeiras condições igualitárias”, avalia.

Informações e imagens: Divulgação/AMCG

Digiqole ad

Notícias Relacionadas