Cerca de 500 estabelecimentos foram fiscalizados durante lockdown em PG

 Cerca de 500 estabelecimentos foram fiscalizados durante lockdown em PG

Força tarefa de agentes esteve o dia todo nas ruas verificando cumprimento do decreto por diferentes estabelecimentos; apenas uma multa foi aplicada

Das assessorias

A Prefeitura de Ponta Grossa organizou uma grande força tarefa para realizar a fiscalização das atividades comerciais durante o período de vigência do decreto 18.765/2021, que estabelece uma série de restrições visando diminuir a circulação de pessoas e transmissão da covid-19 em Ponta Grossa. No primeiro dia, as equipes de fiscalização abordaram 497 estabelecimentos, entre comércios, lanchonetes e restaurantes, mercados, obras e igrejas. Apenas uma irregularidade foi identificada, resultando na aplicação de multa.

“Com o balanço deste primeiro dia de atividades, percebemos que a população e os empresários em geral estão entendendo a gravidade do momento que estamos vivendo. Preparamos uma grande força tarefa de fiscalização para dar conta de toda a cidade, pois somente com a circulação de pessoas realmente restrita nesses dias é que poderemos alcançar algum impacto na transmissão do vírus e na taxa de ocupação de leitos. A expectativa é que o cumprimento do decreto se mantenha da mesma forma nos próximos dias”, avalia o secretário da Fazenda, Cláudio Grokoviski.

Participam da força tarefa uma equipe integrada com agentes da Secretaria da Fazenda, Guarda Municipal, Polícia Militar, Polícia Civil, Polícia Rodoviária Federal, Corpo de Bombeiros, Autarquia Municipal de Trânsito e Transporte, Vigilância Sanitária, Secretaria de Esportes, e demais secretarias que estão com atividades suspensas no período. As ações estão divididas em seis linhas de frente, conforme segmento: 1. Comércio, bares, restaurantes em geral e serviços; 2. Igrejas, Templos e similares; 3. Campos de Futebol, Ginásios, Quadras, Academias; 4. Praças, Parques, balneários e similares; 5. Transporte de pessoas, Vans, aplicativos e similares; 6. Construção Civil em geral.

Segue abaixo o relatório do primeiro dia de fiscalização:

  • 426 empresas visitadas
  • 16 igrejas visitadas
  • 40 mercados visitados
  • 15 obras visitadas
  • 1 multa aplicada (aglomeração em setor administrativo de empresa)
  • 22 orientações

Ação integrada parques, praças e balneários

O Comitê de Emergência da Covid-19 reforça que a recomendação durante estes dias de restrição é para que a população fique em casa o máximo possível. Por isso, as ações de fiscalização serão intensificadas neste final de semana em áreas como parques, praças e balneários. 

“Teremos mais de 30 agentes focados exclusivamente em vistoriar essas áreas de lazer, porque o decreto prevê a restrição de atividades nesses espaços. Precisamos que a população colabore e não saia de casa. Sabemos que ficar apenas em casa não é fácil, que um dia de sol é muito convidativo para um passeio em parques e balneários, mas serão poucos dias de restrição que podem ter um impacto importante no enfrentamento à pandemia”, reforça Grokoviski. 

Informações e imagens: Divulgação/PMPG

Digiqole ad

Notícias Relacionadas