Campanha ‘PG Sem Fome’ retoma atividades

 Campanha ‘PG Sem Fome’ retoma atividades

Programa pede doações para auxiliar famílias em situação de vulnerabilidade

Das assessorias

A Fundação de Assistência Social de Ponta Grossa (FASPG) e a Secretaria Municipal de Políticas Públicas (SMPPS) retomam a campanha ‘PG Sem Fome’. Com excelentes resultados obtidos ao longo 2020, cerca de 157 toneladas de alimentos foram arrecadadas e 10 mil cestas foram distribuídas, beneficiando as famílias que se encontram em situação de vulnerabilidade social do município. O objetivo desta edição é reconhecer o apoio das empresas parceiras, com o Selo Social. 

‘PG Sem Fome’ é uma campanha que tem por intuito garantir a assistência dos cidadãos mais carentes neste período de pandemia do novo coronavírus. Para alcançar o objetivo da ação, a FASPG e a SMPPS, além de pedir a colaboração da população para a doação dos insumos necessários para a confecção das cestas básicas, certificará com o Selo Social as empresas que forem parceiras.

A prefeita Elizabeth Schmidt aponta que mesmo com um número expressivo de apoiadores, pela gravidade dos impactos gerados pela pandemia da Covid-19, a Prefeitura não vence a demanda de atendimento. Por isso, ela explica que quanto mais doações, mais pessoas poderão ser beneficiadas. “Queremos fazer essa ação com as empresas do Selo Social e em supermercados. As organizações que aderirem a campanha, receberão certificados do programa”, explica Elizabeth, relatando que a doação será destinada para atender a demanda da população que está vulnerável nesse momento de isolamento.

As doações podem ser feitas na própria FASPG, localizada na Rua Joaquim Nabuco, 59; ou nas redes de supermercados parceiras. As informações sobre doações também podem ser obtidas através do telefone (42) 99993-3339.

Solicitação das cestas básicas e cadastro nos CRAS

A presidente da FASPG, Simone Kaminski, relata que as cestas básicas serão entregues prioritariamente para as famílias cadastradas nos CRAS de Ponta Grossa. Nesse sentido, a FASPG também trabalha para cadastrar novas pessoas que precisam ser assistidas socialmente pelo município. Os interessados devem entrar em contato pelo telefone 3220-1065, através dos ramais 2188, 2187, 2186, 2183 ou 2301, das 10h às 16h.

A FASPG orienta os munícipes que necessitarem receber as cestas devem fazer o cadastro pelos CRAS, para que eles também possam receber outros benefícios fornecidos pela Fundação. “Em muitos casos, não é só neste momento que as pessoas precisam das cestas. A Assistência Social tem muitos benefícios que podem ajudar as famílias, como o CadÚnico. E tendo os cadastros dessas famílias, nós conseguimos ajudá-las de outras formas também dando outros suportes assistenciais”, finaliza a secretária municipal.

Informações e imagens: Divulgação/PMPG

Digiqole ad

Notícias Relacionadas