Calçadão de PG recebe performance que alerta sobre crescimento de mortes por Covid-19

 Calçadão de PG recebe performance que alerta sobre crescimento de mortes por Covid-19

Coletivo Cacareco reuniu artistas para uma intervenção que impactou as pessoas que estavam passando pelo Centro

Das assessorias

Na tarde da última quarta-feira, 09 de dezembro, Ponta Grossa registrava a 180ª morte em decorrência da Covid-19. Enquanto isso, uma performance artística no Calçadão chamava atenção para o crescimento da taxa de contágio na cidade e homenageava os ponta-grossenses que faleceram vítimas da doença. A ação, intitulada Pó, foi realizada pelo Coletivo Cacareco, com apoio da Luneta Experiências Culturais e Cia Artheiros de Teatro.

Ao longo de mais de uma hora, seis artistas emprestaram seus corpos para que fossem marcadas as figuras de pessoas caídas no chão. “A ideia era quantificar os mortos por Covid-19 em Ponta Grossa nesse ano trágico, mostrando de uma forma visual essas 179 pessoas, que no meio da ação se transformou em 180”, explica Paulo Henrique Neto, responsável pela concepção e produção.

Segundo ele, a escolha pelo pó não foi à toa. “Vemos que o pó tem um caráter efêmero. Queríamos que quando a gente estivesse finalizando as 179 marcações, as primeiras já estivessem desaparecendo, sendo esquecidas, pisadas. Infelizmente, temos visto isso acontecer atualmente com as vidas perdidas pela Covid-19 e nosso objetivo é chamar atenção para que não isso não continue”, destaca ele.

“Fizemos essa ação em um local de grande fluxo para que as pessoas reflitam sobre a efemeridade da nossa vida, que passa muito rápido e pode acabar por falta de cuidado e atenção”, conta a atriz e performer Viviane Oliveira, que se disse impactada pela reação das pessoas. “Algumas filmaram, outras aplaudiram, outras passaram e nem olharam”, relata.

A performance teve a participação de Amanda Tozetto, Bárbara Copque, Davi Dias, Lex Hilgemberge, Renan Sota e Viviane Oliveira. O vídeo da intervenção Pó, com imagens de Mirna Bazzi, está disponível nas redes sociais do Coletivo Cacareco e no YouTube. 

Assista ao vídeo da performance:

Informações e imagens: Divulgação/Assessoria

Digiqole ad

Notícias Relacionadas