Ampliação do horário do comércio deve fomentar a economia local, afirma CDEPG

 Ampliação do horário do comércio deve fomentar a economia local, afirma CDEPG

A medida vem ao encontro do ‘Plano Municipal de Retomada Econômica’, produzido para amenizar os impactos das medidas de restrição impostas pela pandemia

Das assessorias

O Conselho de Desenvolvimento Econômico de Ponta Grossa (CDEPG) defende a ampliação no horário de funcionamento do comércio local.  A medida vem ao encontro do ‘Plano Municipal de Retomada Econômica’, produzido para amenizar os impactos das medidas de restrição impostas pela pandemia do novo coronavírus, visando a geração de emprego e a contensão do novo coronavírus.

O CDEPG juntamente com mais quatro instituições de Ponta Grossa desenvolveu um relatório de políticas públicas municipais para a retomada econômica pós-pandemia. A proposta contou com a participação conjunta do CDEPG, da Associação Comercial, Industrial e Empresarial de Ponta Grossa (ACIPG), da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), do Sebrae e da Prefeitura Municipal.

Entre as políticas públicas idealizadas pelo Plano, já entregue ao prefeito Marcelo Rangel (PSDB), uma delas visa a reorganização das relações do trabalho com a ampliação do horário do comércio nas diversas categorias, em especial as mais atingidas, visando convergir esforços para a criação de novos postos de emprego, com possibilidade de regulação de pagamento de salários proporcionais às jornadas e utilização de jornadas diferenciadas.

Para o CDEPG, a medida tem como objetivo atenuar a atual situação de desemprego, buscando colocações diferenciadas no mercado de trabalho, mesmo que temporárias, principalmente neste período natalino, de extrema importância para a saúde da economia local, já fragilizada tanto pelas medidas restritivas como um todo, como também nas outras datas comemorativas, ocorridas em tempos pela pandemia.

Desta forma, a medida de ampliação de horário do comércio possibilita o fomento da geração de emprego, o consequente aquecimento na economia de consumo em período de festas, e ainda, promove o distanciamento social, evitando aglomerações nas compras de Natal.

Informações e imagens: Divulgação/CDEPG

Digiqole ad

Notícias Relacionadas